Universidade Fernando Pessoa Disciplina Mtodos e Tcnicas da

  • Slides: 25
Download presentation
 • Universidade Fernando Pessoa • Disciplina: Métodos e Técnicas da Comunicação • Discentes:

• Universidade Fernando Pessoa • Disciplina: Métodos e Técnicas da Comunicação • Discentes: João Faria → Nº 12013 José Dias → Nº 13685 Igor Rebelo →Nº 14736 Universidade Fernando Pessoa 1

Ø Introdução: v O que é o Bluetooth ? O Bluetooth é uma tecnologia

Ø Introdução: v O que é o Bluetooth ? O Bluetooth é uma tecnologia para comunicação sem fio de baixo custo e curto alcance, cuja a transmissão de dados se dá através de sinais de rádio de alta frequência. Com o Bluetooth, pode-se conectar a uma variedade de dispositivos, tais como: laptops, telemóveis, webcams, computadores, aparelhos electrodomésticos entre muitos outros. Universidade Fernando Pessoa 2

v. O que é o Bluetooth ? A ligação entre esses dispositivos é feita

v. O que é o Bluetooth ? A ligação entre esses dispositivos é feita de forma simples sem o uso de cabos e de forma automática sem que o usuário precise de se preocupar com isso. O seu objectivo e facilitar as transmissões em tempo real de dados e voz, permitido conectar quaisquer aparelhos electrónicos, fixos ou moveis, que estejam de acordo com a tecnologia. Universidade Fernando Pessoa 3

→ Bluetooth auricular ( permite telefonar sem usar o telemóvel) Universidade Fernando Pessoa 4

→ Bluetooth auricular ( permite telefonar sem usar o telemóvel) Universidade Fernando Pessoa 4

Ø Conceitos: Estão reunidos aqui conceitos importantes para a compreensão do funcionamento da tecnologia

Ø Conceitos: Estão reunidos aqui conceitos importantes para a compreensão do funcionamento da tecnologia Bluetooth. Ø Redes Móveis Infra estruturadas: Uma rede móvel estabelecida num backbone sem fio infra estruturado usa uma ou mais estações base localizadas em posições estratégicas possibilitando a comunicação entre os terminais móveis da rede. Ou seja, os terminais móveis não se comunicam entre si, a comunicação é feita via estações base. Existe uma separação entre elas e os terminais. Uma vez registados na rede, os terminais permanecem presos ao canal de controle da rede, e as conexões podem ser estabelecidas e realizadas de acordo com os protocolos desse canal. Universidade Fernando Pessoa 5

Ø Redes Móveis Ad-Hoc Em contraste, nos sistemas ad-hoc não existe diferença entre estações

Ø Redes Móveis Ad-Hoc Em contraste, nos sistemas ad-hoc não existe diferença entre estações base ou terminais. Não existe infra-estrutura sem fio para suportar conectividade entre unidades móveis; não há central de controle para que sejam feitas as inter conexões; nem suporte para coordenação de comunicações. E também, não há intervenção de operadores. Para o cenário imaginado pela tecnologia Bluetooth, é altamente provável que um grande número de conexões ad-hoc coexistam na mesma área sem qualquer coordenação mútua, isto é, dezenas de links ad-hoc devem dividir a mesma média da mesma localização de maneira descoordenada. . Universidade Fernando Pessoa 6

ØRedes Móveis Ad-Hoc Essa é a diferença dos cenários ad-hoc considerados no passado, onde

ØRedes Móveis Ad-Hoc Essa é a diferença dos cenários ad-hoc considerados no passado, onde a conectividade focava somente em proporcionar uma única (ou poucas) rede (s) entre as unidades móveis. O sistema ad-hoc de rádio tem sido usado pela polícia, militares, bombeiros, . . . Entretanto, o sistema Bluetooth foi o primeiro sistema ad-hoc de rádio comercial imaginado para ser usado em grande escala e largamente acessível para o público Universidade Fernando Pessoa 7

Redes Móveis Ad-Hoc ↓ Esquema Ad hoc Universidade Fernando Pessoa 8

Redes Móveis Ad-Hoc ↓ Esquema Ad hoc Universidade Fernando Pessoa 8

Ø Funcionamento: Os dispositivos Bluetooth comunicam entre si e formam uma rede denominada piconet,

Ø Funcionamento: Os dispositivos Bluetooth comunicam entre si e formam uma rede denominada piconet, também chamada ad-hoc piconet. As piconets são redes locais com cobertura limitada e sem a necessidade de uma infraestrutura. Este tipo de rede é importante para a conexão de diferentes pequenos dispositivos próximos uns dos outros sem a necessidade de infraestrutura sem-fio. Usando redes sem-fio, como as piconets, verifica-se a necessidade de recarregar as baterias dos equipamentos, visto que os cabos/fios não só fazem a transmissão de dados, mas também alimentam os dispositivos com energia. Universidade Fernando Pessoa 9

Ø Funcionamento: Para projectar a camada física (aquela que transmite os dados) do Bluetooth,

Ø Funcionamento: Para projectar a camada física (aquela que transmite os dados) do Bluetooth, algumas limitações são levadas em conta. Esses dispositivos serão integrados em equipamentos móveis e, para tal, devem ter baterias confiáveis. Essas requerem chips de pequena, baixa potência que possam ser construídos em equipamentos portáteis. A transmissão de dados e voz está reflectida em seu projecto, isto é, aceita dados multimédia. Universidade Fernando Pessoa 10

Ø Aplicações: Há muitas aplicações práticas ou modelos de uso onde a tecnologia sem

Ø Aplicações: Há muitas aplicações práticas ou modelos de uso onde a tecnologia sem fio Bluetooth pode ser usada hoje. v Navegar na Internet e enviar e-mail num PC portátil ou notebook não importando se está conectado sem-fio através de um telefone móvel ou através de uma ligação convencional (PSTN, ISDN, LAN ou x. DSL). Universidade Fernando Pessoa 11

ØAplicações: v Usar o telefone onde quer que esteja. Quando estiver no escritório, o

ØAplicações: v Usar o telefone onde quer que esteja. Quando estiver no escritório, o telefone funcionará como um interfone, ou seja, sem custos. Em casa, ele funcionará como um telefone sem-fio, representando os custos de uma linha telefónica fixa. E quando estiver em movimento, ele irá funcionar como um telemóvel. v Escrever mensagens de e-mail no PC portátil, por exemplo, quando estiver num voo. Assim que o avião aterrar e o telemóvel Bluetooth for ligado, todas as mensagem serão imediata e automaticamente enviadas. Universidade Fernando Pessoa 12

ØAplicações: v Manter os arquivos sempre actualizados através da sincronização automática em background, entre

ØAplicações: v Manter os arquivos sempre actualizados através da sincronização automática em background, entre o PC portátil, o notebook (nos padrões PC-PDA e PC-HPC) e o telemóvel. Por exemplo, assim que entrar na sala do escritório, as listas de endereços e o calendário do notebook seriam automaticamente actualizados de acordo com os dados armazenados no computador de mesa. v Em encontros e conferências, todos os participantes se conectariam para uma troca instantânea de dados. Em situações assim, vai ser possível compartilhar informações entre todos num piscar de olhos, com ou sem ligações usando fios. Além de controlar o projector de slides ou uma tela de datashow sem a utilização de fios. Universidade Fernando Pessoa 13

ØAplicações: v Fones de ouvido sem-fio ligados ao PC portátil deixam as mãos livres

ØAplicações: v Fones de ouvido sem-fio ligados ao PC portátil deixam as mãos livres para tarefas mais importantes no escritório ou no carro. O PC portátil pode também ser usado como "vivavoz" em conversas telefónicas. v Mesmo estando o PC portátil dentro do estojo, assim que receber mensagem nova, poderá receber um alerta no celular. Poderá em seguida ver as mensagens recebidas e ler algumas seleccionadas no próprio display do telemóvel. Universidade Fernando Pessoa 14

Aplicações: v Interligar sem-fio uma câmara e o telemóvel. Adicionar comentários em texto no

Aplicações: v Interligar sem-fio uma câmara e o telemóvel. Adicionar comentários em texto no próprio telemóvel, num notebook ou num PC portátil e enviar as fotos imediatamente para destinatários em qualquer parte do mundo via e-mail. v Conectar sem-fio o computador de mesa ou laptop a impressoras, scanners e mesmo à rede local. Aumentar o seu senso de liberdade no trabalho diário, com ligações também sem-fio para o rato e o teclado. Universidade Fernando Pessoa 15

Ø Exemplos de Aplicações: A Ericsson mostrou em Estocolmo, na Suécia, os primeiros protótipos

Ø Exemplos de Aplicações: A Ericsson mostrou em Estocolmo, na Suécia, os primeiros protótipos de equipamentos com a tecnologia Bluetooth. Veja aqui alguns deles: * O PRIMEIRO DA GERAÇÃO BLUETOOTH No final de 1999, a Ericsson deu uma pequena prova do que vai ser o futuro, ao apresentar, em Estocolmo, o primeiro aparelho da geração Bluetooth a ganhar a sua versão comercial: um Headset (fone de ouvido). Com ele, as chamadas podem ser atendidas via fone de ouvido até uma distância de 12 metros do telemóvel. Universidade Fernando Pessoa 16

Ø C MERA SEM FIO Feita pela Casio, envia imagens automaticamente a um telemóvel

Ø C MERA SEM FIO Feita pela Casio, envia imagens automaticamente a um telemóvel equipado com um adaptador Bluetooth; Universidade Fernando Pessoa 17

Ø MÃOS LIVRES Chamadas do telemóvel são atendidas através de um fone de ouvido,

Ø MÃOS LIVRES Chamadas do telemóvel são atendidas através de um fone de ouvido, assim como as mensagens de correio electrónico, enviadas ao computador de pulso. Universidade Fernando Pessoa 18

Ø Vantagens: Quando se pensa nas vantagens que a tecnologia Bluetooth pode oferecer, a

Ø Vantagens: Quando se pensa nas vantagens que a tecnologia Bluetooth pode oferecer, a primeira a ser lembrada é a eliminação dos cabos, fios e conectores. Sem dúvida essa é uma vantagem e tanto. Mas existem muitas outras tecnologias sem fio, como por exemplo a Ir. Da (Infrared Data Association) ou conexão via porta infra-vermelha. Quais as vantagens que o Bluetooth possui em relação ao Ir. Da? Antes de mencionar qualquer tipo de vantagem de uma tecnologia em relação a outra vamos mostrar um breve esclarecimento sobre Ir. Da. O Ir. Da é usado para prover conectividade sem fio entre dispositivos que poderiam normalmente usar cabos para se conectarem. Universidade Fernando Pessoa 19

ØVantagens: O Ir. Da é tecnologia ponto, com um ângulo (cone) de 33°, com

ØVantagens: O Ir. Da é tecnologia ponto, com um ângulo (cone) de 33°, com transmissão ad-hoc projectada para operar de 0 a 1 m de distância a uma velocidade de 9600 bps a 16 Mbps Essa tecnologia é usada para transmitir dados entre notebooks, computadores, impressoras, modems, cameras, e muitos outros. Uma das vantagens do Bluetooth que chama a atenção é o facto dele não precisar de manter os dispositivos em linha de visão, ou melhor, se algum objecto estiver entre dois dispositivos que se queiram comunicar, não há problema para o Bluetooth mas para o Ir. Da existe. Além disso, para aplicações como LAN Access Bluetooth possui maior flexibilidade e maior alcance. Universidade Fernando Pessoa 20

ØVantagens: A sua capacidade multiponto permite que múltiplos dispositivos dividam o meio. Já a

ØVantagens: A sua capacidade multiponto permite que múltiplos dispositivos dividam o meio. Já a sua performance vai perdendo, enquanto a sua velocidade é de 1 Mbps a do Ir. Da suporta 4 Mbps. Estas foram algumas comparações entre Bluetooth e Ir. Da, dependendo do tipo de aplicação que o usuário deseje uma ou outra será mais vantajosa. A seguir pode-se observar alguns dados sobre o Bluetooth em comparação com outra tecnologia sem fio. Universidade Fernando Pessoa 21

Ø Comparação entre tecnologias wireless Alguns aspectos negativos podem ser apontados: o curto alcance,

Ø Comparação entre tecnologias wireless Alguns aspectos negativos podem ser apontados: o curto alcance, número limitado de dispositivos que se podem conectar ao mesmo tempo, com outras tecnologias conseguindo-se uma banda maior, entre outras. Aqui estão reunidas alguns aspectos vantajosos ou não do padrão Bluetooth. Numa pesquisa bastante detalhada é possível encontrar muitos outros. Universidade Fernando Pessoa 22

Ø Telemóvel com auricular Bluetooth Universidade Fernando Pessoa 23

Ø Telemóvel com auricular Bluetooth Universidade Fernando Pessoa 23

Ø Auricular Bluetooth Universidade Fernando Pessoa 24

Ø Auricular Bluetooth Universidade Fernando Pessoa 24

Universidade Fernando Pessoa 25

Universidade Fernando Pessoa 25