REGIONALIZAO DO ESPAO GEOGRFICO BRASILEIRO Regio Corresponde a

  • Slides: 19
Download presentation
REGIONALIZAÇÃO DO ESPAÇO GEOGRÁFICO BRASILEIRO

REGIONALIZAÇÃO DO ESPAÇO GEOGRÁFICO BRASILEIRO

Região • Corresponde a um agrupamento de áreas com características semelhantes. Podemos regionalizar bairros,

Região • Corresponde a um agrupamento de áreas com características semelhantes. Podemos regionalizar bairros, cidades, estados e países.

Segundo aspectos físicos • Diferentes paisagens

Segundo aspectos físicos • Diferentes paisagens

Quais as possibilidades de regionalizar o Brasil? • Regiões do IBGE • Regiões Geoeconômicas

Quais as possibilidades de regionalizar o Brasil? • Regiões do IBGE • Regiões Geoeconômicas

Regiões do IBGE • Criada em 1969, sendo considerada a oficial do Brasil; •

Regiões do IBGE • Criada em 1969, sendo considerada a oficial do Brasil; • Cinco grandes regiões de acordo com as características físicas e econômicas; • Seus limites respeitam os limites dos estados.

Regiões Geoeconômicas ou Complexos Regionais ou ainda Regiões Concentradas • Geógrafo brasileiro Pedro P.

Regiões Geoeconômicas ou Complexos Regionais ou ainda Regiões Concentradas • Geógrafo brasileiro Pedro P. Geiger no final da década de 60; • Considera o processo histórico e a industrialização, associado aos aspectos naturais; • Não respeita o limite entre os estados: • O N de MG encontra-se no Nordeste, enquanto o restante do território encontra-se no Centro-Sul. • O E do Maranhão encontra-se no Nordeste, enquanto o W encontra-se na Amazônia. Como as estatísticas econômicas e • O S de Tocantins e do Mato Grosso encontra-se no Centro-Sul, mas a maior populacionais são produzidas por parte desses estados pertencem ao estados complexo da Amazônia. Mas é muito útil para a geografia, porque ajuda a contar a história da produção do espaço brasileiro.

Qual região Concentrada é esta? Por quê? • Agências bancárias Região concentrada: 13. 745

Qual região Concentrada é esta? Por quê? • Agências bancárias Região concentrada: 13. 745 (07 estados) Brasil: 18. 358 (27 estados) Fonte: Febraban, abril/2008 Telefones fixos Região concentrada: 31. 278. 565 (07 estados) Brasil: 41. 949. 390 (27 estados) Fonte: Anatel, fevereiro/2008 Telefones celulares Região concentrada: 78. 749. 996 (07 estados) Brasil: 124. 122. 479 (27 estados) Fonte: Anatel, fevereiro/2008 Ferrovias 30. 101 vagões incorporados no sistema ferroviário entre 1997 e 2006 (Salta de 20 aquisições em 1997 e sobe para uma média de 7. 000 vagões a partir de 2004) 1. 174 locomotivas incorporados no sistema ferroviário entre 1997 e 2006 (Salta de 10 aquisições em 1997 e sobe para uma média acima de 230 locomotivas a partir de 2004 com frota atual de 2. 515 unidades) O volume transportado salta de 250 milhões de toneladas em 1997 para 404 milhões de toneladas em 2006 A maior parte deste volume localiza-se na região concentrada Fonte: Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários � ANTF Rodovias 1, 6 milhão de km de rodovias A maior parte deste volume localiza-se na região concentrada Fonte: Geipot, 1999

Complexos Regionais / O Nordeste • Pólo mais rico da América portuguesa Pode ser

Complexos Regionais / O Nordeste • Pólo mais rico da América portuguesa Pode ser dividido em quatro sub-regiões • monocultura da cana • trabalho escravo. • É considerada “região- problema" do país, enfrenta graves conflitos sociais e econômicos: área de repulsão de população, analfabetismo, mortalidade infantil, concentração de renda e de terras, seca, falta de oportunidades de emprego. ocupa 18% do território brasileiro

Sub-região Meio-Norte • Zona de transição entre o Nordeste e a Amazônia • Maranhão

Sub-região Meio-Norte • Zona de transição entre o Nordeste e a Amazônia • Maranhão e Piauí • O extrativismo do babaçu e a agricultura do algodão e do arroz são as principais atividades econômicas do Meio-Norte.

Sub-região Sertão • É a maior das sub- regiões nordestinas, ocupada em sua maior

Sub-região Sertão • É a maior das sub- regiões nordestinas, ocupada em sua maior parte pelo Polígono das Secas; • A pecuária extensiva de corte e o cultivo arroz e algodão; • Projetos de irrigação tem favorecido a produção de frutas em áreas sertanejas.

Sub-região Agreste • Pequena faixa que atravessa de norte a sul os estados do

Sub-região Agreste • Pequena faixa que atravessa de norte a sul os estados do RN, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. • A cidade de Campina Grande, na Paraíba, é chamada de "capital do Agreste". O Agreste marca a transição entre a área litorânea (Zona da Mata) e o Sertão, • A policultura comercial e a pecuária leiteira são as principais atividades econômicas

Sub-região Zona da Mata • • Ocupa a faixa litorânea do Rio Grande do

Sub-região Zona da Mata • • Ocupa a faixa litorânea do Rio Grande do Norte ao sul da Bahia. • Foi o primeiro local do Brasil a ser povoado. Hoje é a área mais populosa e a que concentra duas das três maiores cidades do Nordeste: Salvador (Bahia) e Recife (Pernambuco). • O cultivo da cana-deaçúcar e do cacau representa sua principal atividade econômica. • Atualmente: Turismo

Complexos Regionais O Centro-Sul • Atual núcleo econômico do país; • Concentra a economia

Complexos Regionais O Centro-Sul • Atual núcleo econômico do país; • Concentra a economia moderna, tanto no setor industrial como no setor agrícola, além da melhor estrutura de serviços. • Sede da capital política e da capital econômica do país.

Complexos Regionais A Amazônia • É o espaço de povoamento mais recente; • Coberta

Complexos Regionais A Amazônia • É o espaço de povoamento mais recente; • Coberta densa floresta, com clima equatorial, que dificulta o povoamento; • Movimentos migratórios: • do Centro-Sul; • do Nordeste; • Hoje é a região mais recebe população.

Políticas regionais no Brasil • Com o objetivo de diminuir as desigualdades socioeconomicas existentes

Políticas regionais no Brasil • Com o objetivo de diminuir as desigualdades socioeconomicas existentes entre as regiões brasileiras e estimular o desenvolvimento regional, foram criadas instituições governamentais, são elas: - SUDENE - SUDESUL - SUDAM - SUDECO

LEI Nº 11. 662, DE 24 ABRIL DE 2008 • Art. 1 o Esta

LEI Nº 11. 662, DE 24 ABRIL DE 2008 • Art. 1 o Esta Lei altera as alíneas “b” e “c” e revoga a alínea “d” do art. 2 o do Decreto no 2. 784, de 18 de junho de 1913, a fim de modificar os fusos horários do Estado do Acre e de parte do Estado do Amazonas do fuso horário Greenwich “menos cinco horas” para o fuso horário Greenwich “menos quatro horas”, e da parte ocidental do Estado do Pará do fuso horário Greenwich “menos quatro horas” para o fuso horário Greenwich “menos três horas”.

 • b) o segundo fuso, caracterizado pela hora de Greenwich ‘menos três horas’,

• b) o segundo fuso, caracterizado pela hora de Greenwich ‘menos três horas’, compreende todo o litoral do Brasil, o Distrito Federal e os Estados interiores, exceto os relacionados na alínea ‘c’ deste artigo; • c) o terceiro fuso, caracterizado pela hora de Greenwich ‘menos quatro horas’, compreende os Estados de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, do Amazonas, de Rondônia, de Roraima e do Acre.