Projetos Sociais 360 Da elaborao sustentao Projetos Sociais

  • Slides: 112
Download presentation

Projetos Sociais 360 - Da elaboração à sustentação

Projetos Sociais 360 - Da elaboração à sustentação

Projetos Sociais - Reflexões

Projetos Sociais - Reflexões

Projetos Sociais Transformação Projeto Desejo/ Missão

Projetos Sociais Transformação Projeto Desejo/ Missão

Projetos Sociais

Projetos Sociais

Projetos Sociais – De onde eles vem? Necessidades do ser humano – Pirâmide de

Projetos Sociais – De onde eles vem? Necessidades do ser humano – Pirâmide de Maslow Aut oreali zaç ão • criatividade, autodesenvolvimento, prestígio, espontaneidade • Status autoconhecimento, reconhecimento, conquista, respeito e confiança. • , Sociais Socialização, amizades, intimidade, dentre outros • Segurança do corpo, da família, de recursos, da saúde, da moralidade • Fisiológicas fundamentais à existência do organismo – água, alimentação, sono, excreção, dentre outros.

Projetos Sociais – De onde eles vem? Patrimônio: o que as pessoas buscam e/ou

Projetos Sociais – De onde eles vem? Patrimônio: o que as pessoas buscam e/ou precisam (individual ou coletivo) Saúde Educação Trabalho Patrimônio Capital Social Moradia Relações Familiare s

Projetos Sociais – A Construção Para começar, devemos nos perguntar: qual o problema social?

Projetos Sociais – A Construção Para começar, devemos nos perguntar: qual o problema social?

Etapas para a Elaboração de Projetos Sociais

Etapas para a Elaboração de Projetos Sociais

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – Conhecer e Entender Processo da concepção do projeto que explicita a

Projetos Sociais – Conhecer e Entender Processo da concepção do projeto que explicita a situação problema e todo o seu contexto. É o processo que antecede a criação do objeto do projeto social.

Projetos Sociais – Conhecer e Entender Realizar análise profunda e completa da situação: base

Projetos Sociais – Conhecer e Entender Realizar análise profunda e completa da situação: base para um projeto eficiente Levantamento de dados oficiais: coleta de informações, entrevistas e percepções sobre o problema

Projetos Sociais – Conhecer e Entender - Qual o problema principal? - Quem vive

Projetos Sociais – Conhecer e Entender - Qual o problema principal? - Quem vive o problema? - Qual(is) o(s) problema(s) causados pelo problema principal? - Qual o cenário geral? Quais as demandas sociais identificadas? - Quais os cenários específicos: social, econômico, político, histórico, geográfico. - Quais os atores envolvidos? (pessoas físicas, governo, empresas, sociedade civil – Rede de Envolvidos) - Qual o limite? - Quem provoca o problema?

Projetos Sociais – Conhecer e Entender Resumo Delimitação Público Afetado Quemo que provoca o

Projetos Sociais – Conhecer e Entender Resumo Delimitação Público Afetado Quemo que provoca o problema? Histórico Estatísticas Problema Rede envolta ao problema Informações relevantes

Projetos Sociais – Conhecer e Entender Comprovação do problema: O que Sofre Quem Sofre

Projetos Sociais – Conhecer e Entender Comprovação do problema: O que Sofre Quem Sofre Por que Sofre Quando sofre Onde Sofre

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – Definição de objetivos Perguntas norteadoras: - Onde queremos chegar? - Quais

Projetos Sociais – Definição de objetivos Perguntas norteadoras: - Onde queremos chegar? - Quais os efeitos positivos queremos alcançar? - Como minimizar o problema? - Qual o problema principal e sua rede de causalidade? Objetivo Geral (Justificativa) Objetivos Específicos Metas mensuráveis

Projetos Sociais – Definição de objetivos Objetivos devem ser factíveis - Objetivo geral: O

Projetos Sociais – Definição de objetivos Objetivos devem ser factíveis - Objetivo geral: O que justifica o projeto. Qual é a mudança. Apresenta uma possível transformação social. - Objetivos específicos: Ações a serem desenvolvidas que contribuirão com o alcance do objetivo geral.

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – Estreitar expectativas Fundamental - O que eu identifico, você reconhece? -

Projetos Sociais – Estreitar expectativas Fundamental - O que eu identifico, você reconhece? - O que eu proponho, você aceita? - Nossos objetivos são comuns?

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – Formatar e Implantar Planilha de custo, formas de captação Prazo Definição

Projetos Sociais – Formatar e Implantar Planilha de custo, formas de captação Prazo Definição das formas de acompanhamento Onde acontece Projeto Envolvidos: beneficiados, Profissionais, instituições, governo, etc. Resultados esperados Atividades

Projetos Sociais – Formatar e Implantar Objetivo Geral Objetivo Específico 1 Atividade Metodologia Equipe

Projetos Sociais – Formatar e Implantar Objetivo Geral Objetivo Específico 1 Atividade Metodologia Equipe Envolvida Participantes Beneficiados Datas, horários e local Responsável Prazo Custo Metas e Resultados esperados

Projetos Sociais – Formatar e Implantar Planejamento Envolvidos Treinamento Prática!!!

Projetos Sociais – Formatar e Implantar Planejamento Envolvidos Treinamento Prática!!!

Projetos Sociais – Formatar e Implantar Prática - Permite revisão no planejamento - Permite

Projetos Sociais – Formatar e Implantar Prática - Permite revisão no planejamento - Permite corrigir previsões

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativas Formatar e

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativas Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos sociais – Acompanhar Mudanças no contexto social Alcance dos objetivos Desenvolvim ento das

Projetos sociais – Acompanhar Mudanças no contexto social Alcance dos objetivos Desenvolvim ento das atividades Importância do projeto Desempenho Financeiro

Projetos sociais – Acompanhar Em resumo, os indicadores devem responder: - Objetivos alcançados pelo

Projetos sociais – Acompanhar Em resumo, os indicadores devem responder: - Objetivos alcançados pelo projeto - O que está sendo entregue aos beneficiados satisfaz sua necessidade? - Quais as mudanças geradas - Custos

Projetos sociais – Acompanhar Objetivo Projeto Indicadores Antes do projeto Com o projeto Depois

Projetos sociais – Acompanhar Objetivo Projeto Indicadores Antes do projeto Com o projeto Depois do projeto

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar

Projetos Sociais – A Construção Conhecer e Entender Definir Objetivos Estreitar expectativa s Formatar e Implantar Acompanh ar Sustentar

Projetos Sociais – Sustentar Apresentação Projeto Captação Finalização x Perpetuação

Projetos Sociais – Sustentar Apresentação Projeto Captação Finalização x Perpetuação

Projetos Sociais – Sustentar Apresentação Projeto Captação Sustentação

Projetos Sociais – Sustentar Apresentação Projeto Captação Sustentação

Comunicação No Brasil, existem mais de 400 mil instituições, somente do Terceiro Setor, sem

Comunicação No Brasil, existem mais de 400 mil instituições, somente do Terceiro Setor, sem considerar negócios sociais, projetos próprios e projetos de empresas. Sem comunicação, a captação de recursos é limitada.

Projetos Sociais – Sustentar Como apresentar o Projeto Explicar o contexto do problema Sobre

Projetos Sociais – Sustentar Como apresentar o Projeto Explicar o contexto do problema Sobre a Instituição 3 - O que você quer 2 - Cenário do projeto 4 - Por que você quer 1 - Quem é você Detalhar planilha de Investimento 7 Quanto você quer Explicar qual é o projeto 5 - Como você quer 6 Quando você quer Detalhar cronograma Explicar como o projeto poderá melhorar o problema Explicar como o projeto será desenvolvido em detalhes

1) Quem é você - Apresentação da Instituição • Desenvolver claramente uma linha histórica;

1) Quem é você - Apresentação da Instituição • Desenvolver claramente uma linha histórica; • Indicar as áreas de atuação; • Indicar projetos desenvolvidos e resultados; • Ressaltar as experiências na área de atuação de interesse do edital e principais resultados; • Indicar parceiros, prêmios, títulos concedidos à instituição; • Indicar as formas de intersetorialidade da instituição • Ressaltar parceiros, prêmios, títulos concedidos à instituição na área de atuação de interesse do edital.

2) Qual é o projeto • Descrever claramente a CONCEPÇÃO do projeto; • Descrever

2) Qual é o projeto • Descrever claramente a CONCEPÇÃO do projeto; • Descrever sucintamente o DESENVOLVIMENTO do projeto e tudo que será contemplado, indicando o grupo de beneficiários e número deles. • Evidenciar resultados comprovados através do ACOMPANHAMENTO; • Indicar parceiros, prêmio, títulos concedidos ao projeto.

3) Qual é o contexto • Descrever o problema social encontrado • Por que

3) Qual é o contexto • Descrever o problema social encontrado • Por que é um problema social – descrever parâmetros • Incluir bases de comparação com indicadores sociais nacionais e internacionais e demais indicadores que tenham relevância junto ao tema do projeto • Descrever como é a situação dos beneficiados e a região onde eles estão inseridos – patrimônios, acessos, deficiências • Descrever a existência ou não de projetos sociais, equipamentos públicos e/ou demais instituições e ações que possam contribuir com seu projeto • Descrever o perfil do público a ser beneficiado • PENSAR DE FORMA ESTRATÉGICA

4) Quais os objetivos do Projeto - Objetivo geral – justifica o projeto /

4) Quais os objetivos do Projeto - Objetivo geral – justifica o projeto / responde à transformação social que se pretende - Objetivos específicos – metas mensuráveis do projeto / apresenta ações que auxiliarão no alcance do objetivo geral Exemplo: projeto para mulheres Dica: iniciar a frase com verbos no infinitivo

5) Qual a metodologia do projeto • Descrever claramente os passos, ou ciclo de

5) Qual a metodologia do projeto • Descrever claramente os passos, ou ciclo de desenvolvimento do projeto – como ele irá acontecer • Indicar parceiros locais e institucionais (quando não houver campo específico para parcerias) • Apresentar como cada grupo de participante se envolverá nas ações Dica: observar relação entre a metodologia, os objetivos e as metas

5) Qual a metodologia do projeto Formas de mobilização / Tipos de abordagem Resultados

5) Qual a metodologia do projeto Formas de mobilização / Tipos de abordagem Resultados esperados Prazo das atividades / Cronograma Definição das formas de acompanhamento / Comunicação e divulgação do projeto Onde acontece Projeto Envolvidos: beneficiados, Profissionais, instituições, governo, etc. Atividades

6) Qual a Justificativa do Projeto - Mencionar o PROBLEMA SOCIAL o qual o

6) Qual a Justificativa do Projeto - Mencionar o PROBLEMA SOCIAL o qual o projeto visa confrontar; - Apresentar dados quantitativos e qualitativos acerca do problema – referências com respaldo - Descrever claramente como e porque as ações do projeto são capazes de mitigar tal problema social - Descrever por que é importante confrontar o problema - Apresentar argumentos que comprovem que a forma de intervenção escolhida pelo projeto é uma boa opção (ex: profissionalização x vagas de emprego para jovens) - Descrever como a situação poderá ser melhor com a implantação do seu projeto

7) Quais as formas de monitoramento - Metas / Resultado Esperado / Indicadores •

7) Quais as formas de monitoramento - Metas / Resultado Esperado / Indicadores • Indicar quantitativamente o que se espera do projeto • Metas de Ações estão relacionadas ao Processo • Metas de Desempenho estão relacionadas ao Resultado • Metas de Impacto estão relacionadas à transformação social

7) Quais as formas de monitoramento Diagnóstico Análise situacional Ex ante Desenho metodológico Marco

7) Quais as formas de monitoramento Diagnóstico Análise situacional Ex ante Desenho metodológico Marco Zero Antes Durante Acompanhamento Teste de hipóteses Mudança de estratégia Entregas parciais Depois Avaliação final Captação recursos Impacto

7) Quais as formas de monitoramento Ações Objetivos específicos Objetivos gerais Processo Desempenho ou

7) Quais as formas de monitoramento Ações Objetivos específicos Objetivos gerais Processo Desempenho ou Resultado Impacto São indicadores intermediários que avaliam a gestão e o esforço operacional de alocação de recursos (materiais, físico, humanos, intelectuais, de tempo. etc. ) previstos no projeto e, quando possível, sua relação com custos. Medem os resultados imediatos relacionados aos objetivos específicos, ou seja, estão vinculados ao cumprimento das metas estabelecidas e, portanto, pretendem avaliar quais foram as contribuições provocadas pela execução projeto. Relativos à finalidade geral do projeto – e da instituição – com resultados em longo prazo e sua contribuição para a organização ou sociedade. Sua medição só pode ser feita após o encerramento do trabalho. • • • aumento da renda • inserção no mercado de trabalho • implementação prática das técnicas aprendidas • mudança de comportamento nº de horas trabalhadas reuniões realizadas equipe disponível ações cumpridas no prazo satisfação frequência adesão participação técnicas apreendidas pessoas formadas

8) Quanto você quer - Elaborar orçamento REAL - Atentar para a relação entre

8) Quanto você quer - Elaborar orçamento REAL - Atentar para a relação entre recursos e ações descritas na metodologia - Atentar para a relação entre os recursos solicitados e o tempo de desenvolvimento do projeto - Fazer orçamento com base em três fornecedores, solicitando a mesma quantidade, mesma referência. - Dividir os tipos de recursos necessários – capital humano, materiais, etc. - Incluir todas as necessidades do projeto e salientar aquilo que será solicitado ao financiador e como as demais demandas serão conseguidas. - Apresentar contrapartidas do projeto - Evidenciar através da Planilha a TRANSPARÊNCIA e os princípios de GOVERNANÇA da Instituição

9) Sustentabilidade do Projeto - Descrever claramente como as ações do projeto se sustentarão

9) Sustentabilidade do Projeto - Descrever claramente como as ações do projeto se sustentarão após o término do financiamento - Indicar entidades parceiras ou capacitadas para dar sustentabilidade ao projeto (se for o caso) - Evidenciar a necessidade de continuidade do projeto sobre a coordenação da Instituição (se for o caso) - Indicar e descrever como poderá se dar o “salto em escala” - Pontuar de onde virão os recursos para continuidade das ações

Projetos Sociais – Sustentar Apresentação Projeto Captação Sustentação

Projetos Sociais – Sustentar Apresentação Projeto Captação Sustentação

Como garantir a perenidade das instituições?

Como garantir a perenidade das instituições?

Qual a diferença entre CAPTAÇÃO DE RECURSOS e SUSTENTABILIDADE?

Qual a diferença entre CAPTAÇÃO DE RECURSOS e SUSTENTABILIDADE?

Captação de recursos faz parte do processo de Sustentabilidade: garantir a vida dos projetos

Captação de recursos faz parte do processo de Sustentabilidade: garantir a vida dos projetos e a saúde das instituições

1 - Cenário Externo

1 - Cenário Externo

Cenário Externo É necessário entender o contexto externo às instituições sociais para que haja

Cenário Externo É necessário entender o contexto externo às instituições sociais para que haja direcionamento das ações e entendimento das perspectivas reais para o andamento das atividades. O que buscar: atualizações sobre contextos políticos, sociais, empresariais. (nacional e internacional)

Cenário Externo - Atual Crise Política Crise Econômica Crise de Confiança A palavra CRISE

Cenário Externo - Atual Crise Política Crise Econômica Crise de Confiança A palavra CRISE em japonês tem dois significados: PERIGO e OPORTUNIDADE.

Cenário Externo - Atual PERIGO - AMEAÇA - Mudança no foco das políticas sociais

Cenário Externo - Atual PERIGO - AMEAÇA - Mudança no foco das políticas sociais - Déficit público - Crise econômica mundial Perigo para as instituições dependentes de convênios públicos e empresas privadas

Cenário Externo - Atual PERIGO - AMEAÇA - Desconhecimento por parte da Sociedade, sobre

Cenário Externo - Atual PERIGO - AMEAÇA - Desconhecimento por parte da Sociedade, sobre a função social do Terceiro Setor - Submissão à acordos políticos - Espaço restrito na mídia (principalmente para difusão de temas sobre a gestão do setor) - Surgimento de Fundações mantidas pelo Segundo Setor

Cenário Externo - Atual OPORTUNIDADE - Crise de Confiança no Primeiro e Segundo Setores

Cenário Externo - Atual OPORTUNIDADE - Crise de Confiança no Primeiro e Segundo Setores - Legitimação do Terceiro Setor na “engrenagem social” - Maior envolvimento pessoal dos indivíduos Oportunidade para as instituições que diversificam suas fontes de recursos

Cenário Externo - Atual - O Setor conta com 20% de doação do potencial

Cenário Externo - Atual - O Setor conta com 20% de doação do potencial de doadores brasileiros - 2015 contou com 4% de IRPF destinado - Países em crise econômica e política aumentaram o investimento pessoal em ações sociais - Redes Sociais possibilitam o “encontro” entre doador e captador ou instituição

Cenário Externo - Atual or 1 Set o Estad 2 Setor Mercado 3 Setor

Cenário Externo - Atual or 1 Set o Estad 2 Setor Mercado 3 Setor Associações sem fins lucrativos Terceiro Setor é “um conjunto de organizações e iniciativas privadas que visam à produção de bens e serviços públicos, em prol do atendimento dos direitos básicos da cidadania. ” (Márcio Prado) Ou seja, o cenário externo às instituições precisa saber e reconhecer que o Terceiro Setor não faz caridade: entrega soluções para a Sociedade

2 - Cenário Interno

2 - Cenário Interno

Cenário Interno – 3º Setor FORTALEZA OU FRAQUEZA - Motivação na causa (amor) -

Cenário Interno – 3º Setor FORTALEZA OU FRAQUEZA - Motivação na causa (amor) - 75% dos profissionais das Associações Sem Fins Lucrativos são voluntários - Causas fortes e que geram vínculo emocional

Cenário Interno – 3º Setor FRAQUEZA - Baixo entendimento de “negócio” e “administração” -

Cenário Interno – 3º Setor FRAQUEZA - Baixo entendimento de “negócio” e “administração” - Baixa qualificação e dedicação para mobilização de recursos - Investimento em: • • • Transparência Gestão – Mudanças Organizacionais Lei 13. 151 – Remuneração de Dirigentes Avaliação e Monitoramento de Resultados Comunicação

Cenário Interno – 3º Setor OPORTUNIDADES - Possibilidade de parcerias para entendimento de organizações

Cenário Interno – 3º Setor OPORTUNIDADES - Possibilidade de parcerias para entendimento de organizações como negócios - Crescimento de conteúdos sobre práticas administrativas para o Terceiro Setor - Novas formas de configuração - Visibilidade para o setor por meio de projetos e plataformas sociais

“Muitas organizações da sociedade civil não podem ser consideradas de fato organizações da sociedade

“Muitas organizações da sociedade civil não podem ser consideradas de fato organizações da sociedade civil. Primeiro porque a sociedade civil não as conhece e segundo porque elas dependem mais dos governos nacionais e internacionais do que do próprio povo para a sustentabilidade. ” Nelson Mandela

3 - Organismo Vivo

3 - Organismo Vivo

Organismo Vivo As organizações sociais precisam buscar sua profissionalização e adaptar conceitos e práticas

Organismo Vivo As organizações sociais precisam buscar sua profissionalização e adaptar conceitos e práticas do Segundo Setor. É necessário entender que a instituição é um organismo vivo e que precisa incorporar aspectos de um negócio.

Organismo Vivo Autoconheciment o Reconhecimento do contexto Criatividade Identificação de processos e ferramentas

Organismo Vivo Autoconheciment o Reconhecimento do contexto Criatividade Identificação de processos e ferramentas

Organismo Vivo Autoconhecimento Planejamento Estratégico Projeto estruturado Mapa de demandas Reuniões de escuta Fluxograma

Organismo Vivo Autoconhecimento Planejamento Estratégico Projeto estruturado Mapa de demandas Reuniões de escuta Fluxograma Teia de Causas e Consequências Plano de Monitoramento e Avaliação Reconhecimento do contexto Mapeamento de instituições sociais Mapeamento de empresas Identificação de atores sociais Criação/Participação de Rede de Atores Locais Criação/participação de Rede de Atores Similares Levantamento de investidores/apoiadores Teia de Causas e Consequências Comunicação Identificação de Processos e Ferramentas Plano de Gestão e Administração Plano de Captação de Recursos Plano de Comunicação

4 - Autoconhecimento

4 - Autoconhecimento

Captação de Recursos Materiais Humanos Recursos Tecnológico s Financeiros

Captação de Recursos Materiais Humanos Recursos Tecnológico s Financeiros

Captação de Recursos Apoio Tipos de Captação Parceri a Financiamento

Captação de Recursos Apoio Tipos de Captação Parceri a Financiamento

Captação de Recursos Análises Importantes Para que eu preciso? Que tipo de recursos eu

Captação de Recursos Análises Importantes Para que eu preciso? Que tipo de recursos eu preciso? Qual periodicidade eu preciso? Direcionamento da proposta

Captação de Recursos Roteiro Identificação dos recursos necessários Apresentação do projeto/instituição Identificação de possíveis

Captação de Recursos Roteiro Identificação dos recursos necessários Apresentação do projeto/instituição Identificação de possíveis apoiadores Contato com possíveis apoiadores (estratégia) Acompanhamento do contatos realizados

Projetos Sociais – Sustentar Captação Cenário Favorável Os setores da sociedade estão se comprometendo

Projetos Sociais – Sustentar Captação Cenário Favorável Os setores da sociedade estão se comprometendo com a construção de um mundo melhor Recursos Financeiros disponíveis – de diferentes fontes Descentralização e ampliação do acesso aos recursos

Projetos Sociais – Sustentar Captação Indivíduos Eventos Prêmios Empresas Captação Comércio (produtos e serviços)

Projetos Sociais – Sustentar Captação Indivíduos Eventos Prêmios Empresas Captação Comércio (produtos e serviços) Fundaçõe s e ONGs Governo

Captação de Recursos Indivíduos

Captação de Recursos Indivíduos

Captação de Recursos O que é: doação direta financeira ou de materiais feita por

Captação de Recursos O que é: doação direta financeira ou de materiais feita por pessoas físicas. Nos últimos 2 anos, houve um aumento de 70% de doações advindas de pessoas físicas. Como acontece: as principais formas de doação são através de: - Financiamentos coletivos - Boletos nominais - Imposto de Renda – pessoa física - Doação direta IMPORTANTE: para que a sua instituição seja conhecida – reconhecida apoiada o processo de comunicação é fundamental Indivíduos

Captação de Recursos Empresas

Captação de Recursos Empresas

Captação de Recursos O que é: apoio direto ou indireto de recursos financeiros, materiais,

Captação de Recursos O que é: apoio direto ou indireto de recursos financeiros, materiais, humanos, dentre outros, a projetos ou instituições sociais. Apesar da crise financeira, muitas empresas brasileiras têm a responsabilidade social como valor. Como acontece: as principais formas são através de: - Leis de Incentivo - Recursos Próprios - Editais - Parceria - Voluntariado - Prêmios Empresas

Captação de Recursos Fundações e ONGs

Captação de Recursos Fundações e ONGs

Captação de Recursos O que é: apoio de instituições do Terceiro Setor que tem

Captação de Recursos O que é: apoio de instituições do Terceiro Setor que tem como missão dar suporte a projetos e demais organizações Como acontece: - Edital - Prêmios - Concursos - Serviços Fundaçõ es e ONGs

Captação de Recursos Governo

Captação de Recursos Governo

Captação de Recursos O que é: disponibiliza recursos e incentiva o segundo setor a

Captação de Recursos O que é: disponibiliza recursos e incentiva o segundo setor a realizar financiamentos para projetos e instituições Como acontece: - Fundos - Ementas constitucionais - Parcerias - Conveniamentos - Leis - Prêmios Governo

Captação de Recursos Comércio (produtos e serviços)

Captação de Recursos Comércio (produtos e serviços)

Captação de Recursos O que é: criação de serviços e produtos pela própria instituição,

Captação de Recursos O que é: criação de serviços e produtos pela própria instituição, a partir de uma tecnologia própria ou parceria – empreendedorismo social – Setor 2, 5 Como acontece: - Venda do produto/serviço para pessoa física - Venda do produto/serviço para empresas e demais organizações - Feiras - Lojas - Cursos Comércio (produtos e serviços)

Captação de Recursos Negócios Sociais – Empreendedorismo Social – Setor 2, 5 Como uma

Captação de Recursos Negócios Sociais – Empreendedorismo Social – Setor 2, 5 Como uma ONG, tem uma missão social, mas como um negócio tradicional, geram receitas suficientes para cobrir seus custos. É uma empresa na qual o investidor recupera seu investimento inicial mas o lucro gerado é reinvestido na própria empresa para ampliação do impacto social. O sucesso do negócio não é medido pelo total de lucro gerado em um determinado período, mas sim pelo impacto criado para as pessoas ou para o meio ambiente. Comércio (produtos e serviços)

Captação de Recursos Eventos

Captação de Recursos Eventos

Captação de Recursos O que é: produção e realização de eventos que possam movimentar

Captação de Recursos O que é: produção e realização de eventos que possam movimentar parcerias com outras empresas e gerar recursos financeiros para a instituição. Como acontece: - Bazar - Jantar/Almoço - Dia do Voluntariado - Festas temáticas: festa junina, natal, dia das crianças, dia da família, etc. Eventos

Captação de Recursos Voluntariado

Captação de Recursos Voluntariado

Captação de Recursos O que é: apoio individual, em que a pessoa estabelece o

Captação de Recursos O que é: apoio individual, em que a pessoa estabelece o primeiro contato e forma de vínculo com o projeto e instituição para atuação em diferentes campos Como acontece: - Voluntariado Corporativo - Seleção de voluntários - Parcerias - Pessoas Físicas Voluntariado

Projetos Sociais – Sustentar Apresentação Projeto Captação Perpetuação x Finalização

Projetos Sociais – Sustentar Apresentação Projeto Captação Perpetuação x Finalização

Projetos Sociais – Sustentar Sustentabilidade Concepção Realização Monitoramento Finalização x perpetuação

Projetos Sociais – Sustentar Sustentabilidade Concepção Realização Monitoramento Finalização x perpetuação

Projetos Sociais – Sustentar Sustentabilidade Finalização x perpetuação Variáveis - Avaliação - Término do

Projetos Sociais – Sustentar Sustentabilidade Finalização x perpetuação Variáveis - Avaliação - Término do projeto - Apropriação pelos beneficiados - Políticas Públicas

Projetos sociais – Sustentar Dicas para se destacar - Apresentar projeto que valorize o

Projetos sociais – Sustentar Dicas para se destacar - Apresentar projeto que valorize o desenvolvimento e empoderamento do indivíduo - Apresentar resultados claros de projetos anteriores - Apresentar projeto inovador - Apresentar projeto que destaque as formas de sustentabilidade - Humanizar a apresentação do projeto através de Histórias

Obrigada! Luana Ferreira luana@sairdocasulo. com. br contato@sairdocasulo. com. br (31) 3654 -7291 / 99424

Obrigada! Luana Ferreira [email protected] com. br [email protected] com. br (31) 3654 -7291 / 99424 -3327 www. sairdocasulo. com. br