Private Cloud Public Cloud Rodrigo Lopes Microsoft Certified

  • Slides: 31
Download presentation

Private Cloud + Public Cloud Rodrigo Lopes Microsoft Certified Trainer http: //rodrigollopes. wordpress. com

Private Cloud + Public Cloud Rodrigo Lopes Microsoft Certified Trainer http: //rodrigollopes. wordpress. com Fernando Andreazi MVP Office 365 http: //www. fernandoandreazi. com

Private Cloud Rodrigo Lopes Microsoft Certified Trainer http: //rodrigollopes. wordpress. com

Private Cloud Rodrigo Lopes Microsoft Certified Trainer http: //rodrigollopes. wordpress. com

O que é Private Cloud?

O que é Private Cloud?

Rumo à Cloud Computing Computação Virtualizada Private | Public Datacenter Tradicional Provisionamento e escalabilidade

Rumo à Cloud Computing Computação Virtualizada Private | Public Datacenter Tradicional Provisionamento e escalabilidade de serviços em hardware compartilhado IT as a Service

Microsoft Hyper-V Cloud Soluções de Nuvem Privada: § Acelere o crescimento de seus negócios

Microsoft Hyper-V Cloud Soluções de Nuvem Privada: § Acelere o crescimento de seus negócios com o Microsoft Hyper-V Cloud — um conjunto de programas e iniciativas que o ajudarão a construir e implantar nuvens privadas e públicas com base no Windows Server 2008 R 2 Hyper-V, no Microsoft System Center e em outros produtos relacionados. Hyper-V Cloud Components SELF-SERVICE E PROVISIONAMENTO GERENCIAMENTO INTEGRADO VIRTUALIZAÇÃO IDENTIDADE Usando arquiteturas de referência pré-configuradas, o Hyper-V Cloud Fast Track acelera a implantação de infraestruturas de nuvem privada.

O que é o Datacenter Dinâmico? § Datacenter Dinâmico é a combinação de automação,

O que é o Datacenter Dinâmico? § Datacenter Dinâmico é a combinação de automação, controle e software de gerenciamento de recursos utilizando uma topologia bem definida de Virtualização, Servidores, Storage e ativos de Rede. Princípios do Datacenter Dinâmico: § Adotar Serviços centralizados § Agilidade nos processos § Aumento de Performance § Redução do esforço de Staff § Redução de TCO

Tolerância à falhas no Datacenter Dinâmico § Elasticidade é o goal do Datacenter Dinâmico

Tolerância à falhas no Datacenter Dinâmico § Elasticidade é o goal do Datacenter Dinâmico Entretanto, componentes redundantes são sempre necessários para atingir esse Goal. Para garantir a tolerância à falhas da solução, devemos considerar os seguintes níveis: § Medidas de Sistemas Operacionais e Aplicações § Medidas a nível de Componentes § Medidas a nível de Sistemas

Datacenter Dinâmico - Arquitetura MAP w/ CAL Tracker SCM

Datacenter Dinâmico - Arquitetura MAP w/ CAL Tracker SCM

Determine o escopo do Datacenter Dinâmico Tarefa 1: Determine os Workloads propostos para o

Determine o escopo do Datacenter Dinâmico Tarefa 1: Determine os Workloads propostos para o Datacenter Dinâmico Ø Registre: § § Nome das aplicações e Sistemas Operacionais Suportados Memória, CPU, espaço em disco, e requisitos de rede Requisitos de Isolamento Requisitos de tolerância a falha Verificar se os produtos envolvidos suportam Virtualização ** Use o MAP - Microsoft Assessment and Planning Toolkit para ajudar a obter informações do ambiente atual

Determine o escopo do Datacenter Dinâmico (Continuação) Tarefa 2: Selecione o sistema de tolerância

Determine o escopo do Datacenter Dinâmico (Continuação) Tarefa 2: Selecione o sistema de tolerância a falhas apropriada para cada tipo de Serviço Ø § § Opção 1: Load Balancing Opção 2: VM-Level Clustering Opção 3: Host-Level Clustering Opção 4: Tolerância a falhas em Application-Level ** A seleção do sistema de tolerância a falhas poderá impactar no número de VMs ou de Host Servers requeridos.

Determine o escopo do Datacenter Dinâmico (Continuação) Ø Tarefa 3: Determine o tamanho inicial

Determine o escopo do Datacenter Dinâmico (Continuação) Ø Tarefa 3: Determine o tamanho inicial do Datacenter Dinâmico § § Coletar todos os requisitos necessários Inclua ajustes necessários para suprir necessidades de crescimento e tolerância à falhas

Design dos Hosts de Virtualização § § Tarefa 1: Agrupar os Workloads Clusterize os

Design dos Hosts de Virtualização § § Tarefa 1: Agrupar os Workloads Clusterize os workloads similares para que trabalhem juntos § § Tarefa 2: Design dos Host Servers’ Hardware Selecione a configuração de Hardware que será utilizada pelos Servidores § § Tarefa 3: Determine requisitos de conectividade de Hosts Verifique a necessidade de conectar as VMs à rede física

Design da Infraestrutura de Software Decida quais tecnologias utilizar § Os serviços existentes provêem

Design da Infraestrutura de Software Decida quais tecnologias utilizar § Os serviços existentes provêem as funcionalidades e eficiência requeridas? § Os sistemas existentes trazem as ferramentas e tolerância à falhas necessárias para a continuidade de negócios?

Esteja “Verde” nos SLA´s § Service Level Dashboard para System Center Operations Manager

Esteja “Verde” nos SLA´s § Service Level Dashboard para System Center Operations Manager

demo

demo

Public Cloud Fernando Andreazi MVP Office 365 www. fernandoandreazi. com

Public Cloud Fernando Andreazi MVP Office 365 www. fernandoandreazi. com

O que é Public Cloud?

O que é Public Cloud?

Proteção e Conformidade Anti. Spam e Anti. Virus E-mail Externo § § § Alto

Proteção e Conformidade Anti. Spam e Anti. Virus E-mail Externo § § § Alto Grau de assertividade (falso positivo) Múltiplos motores de “virus-scanning” Já esta incluído na SUITE de BPOS Interface de gerenciamento e relatórios Junk mail do Outlook conectado no Fore. Front

Proteção e Conformidade Integração com A/S e dispositivos ail nd ou b t Ou

Proteção e Conformidade Integração com A/S e dispositivos ail nd ou b t Ou Messaging Server or Appliance • • em Internet Possibilidade de roteamento Cria túnel TLS entre Local e Nuvem Permite utilização de “appliances” para criptografia Suporta DLP (Data Loss Prevention)

Proteção e Conformidade Gerenciamento e relatórios Console de Administração Relatórios e Monitoramento Customizações

Proteção e Conformidade Gerenciamento e relatórios Console de Administração Relatórios e Monitoramento Customizações

Visibilidade e Controle Power. Shell Remoto § § § Scripts para automação Tarefas rotineiras

Visibilidade e Controle Power. Shell Remoto § § § Scripts para automação Tarefas rotineiras Velocidade e granularidade New-Dynamic. Distribution. Group -Name "Florida Sales and Marketing" -Included. Recipients Mailbox. Users -Conditional. Department Sales, Marketing -Conditional. State. Or. Province Florida

Visibilidade e Controle RBAC (Role Based Access Control) § § § Andy Ryan Joanna

Visibilidade e Controle RBAC (Role Based Access Control) § § § Andy Ryan Joanna Rybka Donna Scott Administrador Suporte nivel 1 Auditor Gerenciamento Help Desk Auditoria Cria usuários Politicas de retenção Regras de transporte § § Configura UM Configura Legal Hold Politicas de Mobile Politicas de DDL Todos os empregados § § Ratreia mensagens Verifica Mailbox (view only) § § Device Wipe Gerencia Grupos Todos os empregados § Delegação de funções de Adm § Granularidade na Administração § § Busca Configura Legal Hold Finanças

Flexibilidade de Implantação “Single Sign On” Federados vs. Não-Federados 1. Identidades Microsoft Online 2.

Flexibilidade de Implantação “Single Sign On” Federados vs. Não-Federados 1. Identidades Microsoft Online 2. Identidades Microsoft Online + Dir. Sync 3. Identidades Federadas+ Dir. Sync Premissas dos Clientes da Contoso Serviços Microsoft Online Plataforma de Identidade Confiança Active Directory Federation Server 2. 0 Id. P AD MS Online Directory Sync Service connector Federation Gateway Plataformas de Autenticação Plataforma de Provisionamen to Portal de Adm Base de Usuários Exchange Online Id. P Share. Point Online Communicato r Online Live Meeting

demo

demo

Conteúdo Relacionado Implementação de Nuvem Privada http: //bit. ly/rq. IC 8 q VDI e

Conteúdo Relacionado Implementação de Nuvem Privada http: //bit. ly/rq. IC 8 q VDI e MED-V http: //bit. ly/p. PC 9 BM Virtualização Microsoft Para Administrador VMware http: //bit. ly/qj 72 u. A http: //community. office 365. com Microsoft Virtual Academy http: //bit. ly/n. Pb. NWw http: //www. microsoftcloudpartner. com

Palestras Relacionadas COS 205 | Microsoft Office 365: Visão Geral da Implantação COS 302

Palestras Relacionadas COS 205 | Microsoft Office 365: Visão Geral da Implantação COS 302 | Nuvens híbridas conectando aplicações locais com aplicações na nuvem com a plataforma Windows Azure EXL 202 | Microsoft Lync 2010: Na nuvem EXL 302 | Microsoft Exchange Online no Microsoft Office 365: Migração ao vivo! GER 304 | Gerenciamento na Nuvem com System Center

Palestras Relacionadas SRV 307 | Virtualização e Cenários de Cloud: A tecnologia servindo aos

Palestras Relacionadas SRV 307 | Virtualização e Cenários de Cloud: A tecnologia servindo aos objetivos dos clientes VIR 302 | Private Cloud na Prática VIR 304 | Melhores Práticas para Implantação de Nuvem Privada

Blogs aperazza. wordpress. com sarabarbosa. net aurelioalves. wordpress. com zambonis. wordpress. com admderedes. blogspot.

Blogs aperazza. wordpress. com sarabarbosa. net aurelioalves. wordpress. com zambonis. wordpress. com admderedes. blogspot. com

Não esqueça de preencher sua avaliação online! www. teched. com. br/avaliacao

Não esqueça de preencher sua avaliação online! www. teched. com. br/avaliacao