Obras Bsicas da Doutrina Esprita Tomo 1 Mdulo

  • Slides: 45
Download presentation
Obras Básicas da Doutrina Espírita Tomo: 1 Módulo: 1 I Roteiro: 4

Obras Básicas da Doutrina Espírita Tomo: 1 Módulo: 1 I Roteiro: 4

Obras Básicas

Obras Básicas

Obras Básicas • CODIFICAÇÃO = Enciclopédia de ensinamentos transcendentais; • Plano arquitetado na Espiritualidade;

Obras Básicas • CODIFICAÇÃO = Enciclopédia de ensinamentos transcendentais; • Plano arquitetado na Espiritualidade; • Um de seus elaboradores: Allan Kardec (como encarnado).

A Codificação Espírita • • • 18/04/1857 - O LIVRO DOS ESPÍRITOS (1ª edição)

A Codificação Espírita • • • 18/04/1857 - O LIVRO DOS ESPÍRITOS (1ª edição) 501 perguntas 01/1858 – REVISTA ESPÍRITA (136 edições, até abr/1869) 1858 - INSTRUÇÃO PRÁTICA SOBRE AS MANIFESTAÇÕES ESPÍRITAS 1859 - O QUE É O ESPIRITISMO 18/03/1860 – O LIVRO DOS ESPÍRITOS (2ª edição - definitiva) 1018 perguntas 01/1861 - O LIVRO DOS MÉDIUNS (1ª edição) 10/1861 – O LIVRO DOS MÉDIUNS (2ª edição – definitiva) 04/1864 – IMITAÇÃO DO EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO (1ª edição) 1865 – O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO (2ª edição – novo nome!) 1865 – O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO (3ª edição – definitiva) 08/1865 – O CÉU E O INFERNO (ou A JUSTIÇA DIVINA SEGUNDO O ESPIRITISMO) 01/1868 - A GÊNESE

O Livro dos Espíritos Qual a diferença entre a 1ª e a 2ª edições?

O Livro dos Espíritos Qual a diferença entre a 1ª e a 2ª edições? – 1ª edição: • • • 18/04/1857 501 questões Médiuns: Caroline e Julie Baudin, Srta. Japhet e outros médiuns – 2ª edição (definitiva): • • 18/03/1860 1018 questões Outros médiuns Notas aditivas e comentários

1 - O Livro dos Espíritos 1. Qual o conteúdo da obra? Princípios da

1 - O Livro dos Espíritos 1. Qual o conteúdo da obra? Princípios da Doutrina Espírita: • • • imortalidade da alma, natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir (futuro) da humanidade.

O Livro dos Espíritos Como está estruturado/dividido o livro, e qual o conteúdo de

O Livro dos Espíritos Como está estruturado/dividido o livro, e qual o conteúdo de suas partes? Espíritos Encarnação Volta do Espírito à Vida Espiritual Pluralidade das Existências Vida espírita Volta do Espírito à Vida Corporal Emancipação da Alma Intervenção dos Espíritos no mundo corporal Ocupações/Missões dos Espíritos 03 reinos Introdução 17 ítens Síntese da Doutrina Prolegômenos Cepa Como foi revelada Autoria da Obra Finalidade da Obra Espíritos envolvidos Mensagens p/Kardec Parte Primeira (Causas Primárias) Cap. I-IV Deus Elementos do Universo Criação Princípio Vital Parte Segunda (Mundo Espírita) Cap. I-XI Parte Terceira (Leis Morais) Cap. I-XII Penas e gozos terrenos Penas e gozos futuros Parte Quarta (Esperanças e Consolações) Cap. Ie. II Lei divina ou natural; Leis de adoração; trabalho; reprodução; conservação; destruição; sociedade; progresso; igualdade; justiça, amor e caridade Perfeição moral Corpo da Obra Conclusão 09 ítens Consequências Futuras Conceitos Básicos (retomada) Arremate à obra

O Livro dos Espíritos O que se pode falar sobre a organização das matérias

O Livro dos Espíritos O que se pode falar sobre a organização das matérias do corpo da obra? – Apresenta ordem metodológica – Seqüência lógica, seqüência de pensamento – Questões mais gerais especiais

O Livro dos Espíritos Quem é o autor da obra? – Espíritos Superiores (líder

O Livro dos Espíritos Quem é o autor da obra? – Espíritos Superiores (líder = Espírito de Verdade): • Por ordem, ditado e examinado. – Allan Kardec: • Organização, distribuição metódica, notas e formas de algumas partes da redação; • Perguntas; • Apresentação.

O Livro dos Espíritos Por quê foi utilizada a forma de diálogo neste livro?

O Livro dos Espíritos Por quê foi utilizada a forma de diálogo neste livro? – É preciso que as questões e as dúvidas sejam levantadas do ponto de vista humano, para que o mundo espiritual as esclareça na linguagem simples da palestra.

O Livro dos Espíritos Em suma, o que é o Livro dos Espíritos? –

O Livro dos Espíritos Em suma, o que é o Livro dos Espíritos? – Repositório de princípios fundamentais, de onde emergem inúmeras “tomadas” para outras especulações, conquistas e realizações.

O Livro dos Médiuns Quando foi publicado e que livro editado anteriormente englobou? –

O Livro dos Médiuns Quando foi publicado e que livro editado anteriormente englobou? – Janeiro de 1861 (1ª edição) – Outubro de 1861 (2ª edição – definitiva) – Instrução Prática sobre as Manifestações Espíritas (1858)

O Livro dos Médiuns O que está contido no O Livro dos Médiuns? –

O Livro dos Médiuns O que está contido no O Livro dos Médiuns? – Teoria sobre todos os gêneros das manifestações; – Meios de comunicação com o mundo Espírita, – Desenvolvimento da mediunidade, – Dificuldades e tropeços da prática da mediunidade.

O Livro dos Médiuns 3. Estrutura da obra e conteúdo de suas partes: Introdução

O Livro dos Médiuns 3. Estrutura da obra e conteúdo de suas partes: Introdução PARTE PRIMEIRA: Noções Preliminares Cap. I-IV 1861 • Objetivo da obra; • Substituto da obra “Instrução Prática sobre as Manifestações Espíritas” (1858); • Ligação com o “Livro dos Espíritos”; • Mudanças da 1 a para a 2 a edição (definitiva); • Autoria da obra. PARTE SEGUNDA: Manifestações Espíritas Cap. I-XXXII

O Livro dos Médiuns Qual o objetivo da obra? – Estudar e expor os

O Livro dos Médiuns Qual o objetivo da obra? – Estudar e expor os aspectos experimentais da Doutrina dos Espíritos, principalmente: prática da Mediunidade.

O Livro dos Médiuns O que Pedro Barbosa fala sobre Mediunidade e o Livro

O Livro dos Médiuns O que Pedro Barbosa fala sobre Mediunidade e o Livro dos Médiuns? – Mediunidade = fonte de ensinamentos da Doutrina. – Tarefas de Mediunidade = contribuição dos Espíritas à consolidação da fé raciocinada, e ao retorno à normalidade dos obssediados. – Comunicação entre os dois mundos = premissa básica do Espiritismo (para que não fosse irreal ou duvidoso). – Comunicação pode ser conseguida e mantida desde que aplicados os conhecimentos do Livro dos Médiuns.

O Livro dos Médiuns De acordo com Allan Kardec, de onde se originam as

O Livro dos Médiuns De acordo com Allan Kardec, de onde se originam as dificuldades e os desenganos que muitos topam na prática dos Espiritismo? E como a obra pode ajudar neste ponto? – – Origem: ignorância dos princípios do Espiritismo O livro mostra o caminho correto, passa conhecimento.

O Livro dos Médiuns De acordo com Kardec, qualquer um que ler o Livro

O Livro dos Médiuns De acordo com Kardec, qualquer um que ler o Livro se tornará um médium? – Não. Todos tem a “sementinha” da mediunidade, mas há graus distintos de mediunidade e o desenvolvimento depende de causas independentes de nossa vontade.

O Livro dos Médiuns Qual a importância e atualidade da obra, de acordo com

O Livro dos Médiuns Qual a importância e atualidade da obra, de acordo com encarnados e desencarnados? – 100 anos depois, continua sendo roteiro seguro para a prática da mediunidade.

O Evangelho Segundo o Espiritismo Qual o conteúdo da obra “O Evangelho Segundo o

O Evangelho Segundo o Espiritismo Qual o conteúdo da obra “O Evangelho Segundo o Espiritismo”? – Explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida.

O Evangelho Segundo o Espiritismo Quando foram publicadas as 1ª e 2ª edições da

O Evangelho Segundo o Espiritismo Quando foram publicadas as 1ª e 2ª edições da obra e o que mudou de uma para outra? – 1ª edição = 04/1864; título: Imitação do Evangelho segundo o Espiritismo – 2ª edição = 1865; novo título: Evangelho segundo o Espiritismo

2. 3 - O Evangelho Segundo o Espiritismo Como está dividida a obra? Qual

2. 3 - O Evangelho Segundo o Espiritismo Como está dividida a obra? Qual o conteúdo de suas partes? Índice de Referências Bibliográficas Páginas com versículos da Bíblia (ou relacionadas a versículos). Prefácio Mensagem do Espírito da Verdade Resumo: Caráter do Espiritismo +finalidade da obra Introdução 04 ítens Corpo da Obra Cap. I-XXVIII I – Objetivo da obra II – Autoridade da Doutrina Espírita III - Notícias Históricas IV – Precursores da vida Cristã e do Espiritismo (Sócrates e Platão) Preces Gerais; Por aquele que ora; Por outrém; Pelos que se foram; Doentes e obsediados.

O Evangelho Segundo o Espiritismo As matérias contidas nos Evangelhos podem ser divididas em

O Evangelho Segundo o Espiritismo As matérias contidas nos Evangelhos podem ser divididas em 05 partes: – – Os atos comuns da vida do Cristo; Os milagres; As predições; As palavras que foram tomadas pela Igreja para fundamento de seus dogmas e o – Ensino moral do Cristo. Destas partes, qual delas foi utilizada para elaboração do livro? Qual foi a justificativa de Kardec para tê-la utilizado? – – Parte inatacável dos Evangelhos Ponto de encontro de todos os cultos e crenças Regra de proceder Roteiro infalível para a felicidade vindoura

O Evangelho Segundo o Espiritismo 5. Qual o objeto exclusivo desta obra? Constituir os

O Evangelho Segundo o Espiritismo 5. Qual o objeto exclusivo desta obra? Constituir os princípios da moral evangélica.

O Evangelho Segundo o Espiritismo Quanto à obra: Máximas do Cristo (grupadas e classificadas

O Evangelho Segundo o Espiritismo Quanto à obra: Máximas do Cristo (grupadas e classificadas metodicamente) Espiritismo Explicação: - passagens obscuras - desdobramento de todas as consequências (todas as condições de vida) Mistérios do Passado FUTURO

O Céu e o Inferno 1. Quando foi publicado O Céu e o Inferno

O Céu e o Inferno 1. Quando foi publicado O Céu e o Inferno e qual é seu outro título? – 1º agosto de 1865 – O Céu e o Inferno, ou A Justiça Divina Segundo o Espiritismo 1. De acordo com Kardec, qual o objetivo da obra? – Esclarecer o homem sobre seu destino.

O Céu e o Inferno Estrutura da obra e conteúdo de suas partes: PARTE

O Céu e o Inferno Estrutura da obra e conteúdo de suas partes: PARTE PRIMEIRA Doutrina Cap. I-XI • Exame comparado das diversas crenças sobre céu e o inferno; • Passagem da vida corporal à vida espiritual; • Anjos e demônios; • As penas; • Recompensas futuras. PARTE SEGUNDA Exemplos Cap. I-VIII Exemplos: Situação da alma durante e depois da morte.

O Céu e o Inferno O que a obra fala sobre o dogma das

O Céu e o Inferno O que a obra fala sobre o dogma das penas eternas? – “Penas eternas” não existem (argumentos tirados das próprias leis da Natureza, e que demonstram não só o seu lado ilógico, mas a sua impossibilidade material). – Portanto, consequências que se acreditava sobre as “penas eternas” também não existem.

O Céu e o Inferno Qual é o objetivo da apresentação de numerosos exemplos

O Céu e o Inferno Qual é o objetivo da apresentação de numerosos exemplos apresentados na Segunda Parte? – Exemplos em vários locais e momentos diferentes não se trata de um produto de mesma influência. – Mostra que acontece diariamente. – Exemplos sobre a situação da alma durante a passagem e depois da morte um guia do viajor antes de entrar num novo país. – Desdobramento da vida do além-túmulo colhendo novos motivos de esperança e de consolação, e novos suportes para firmar a fé no futuro e na justiça de Deus.

A Gênese Qual o nome do livro que fecha o ciclo das Obras da

A Gênese Qual o nome do livro que fecha o ciclo das Obras da Codificação Espírita e quando foi publicado? – A Gênese – os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo – Janeiro de 1868

A Gênese Explique o conteúdo da folha rosto do livro “A Gênese”. – “A

A Gênese Explique o conteúdo da folha rosto do livro “A Gênese”. – “A Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as Leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e o seu poder pela imutabilidade de suas leis e não pela ab-rogação (anulação) delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente. ”

A Gênese Qual o objeto e como está estruturada (dividida) a obra? INTRODUÇÃO Janeiro

A Gênese Qual o objeto e como está estruturada (dividida) a obra? INTRODUÇÃO Janeiro de 1868 1ª PARTE gênese Capítulos I-XII 2ª PARTE milagres Cap. XIII-XV 3ª PARTE predições Cap. XV-XVIII

A Gênese Que mensagem o Espírito São Luís passou sobre a obra um pouco

A Gênese Que mensagem o Espírito São Luís passou sobre a obra um pouco antes de ser publicada? – Doutrina bem firmada, moral e religiosamente. – Raízes profundas nos corações dos adeptos (não desviará de sua rota). – Espiritismo entra numa nova fase: Consolador + instrutor e diretor do espírito (em filosofia, ciências e moralidade). – Caridade (base inabalável) Espiritismo é o laço das almas eternas; – Ciência, solidariedade, progressão, espírito liberal Espiritismo é o traço de união das almas fortes.

A Gênese De acordo com os Espíritos que fizeram parte da elaboração da obra,

A Gênese De acordo com os Espíritos que fizeram parte da elaboração da obra, qual a importância e oportunidade da obra? (mensagens endereçadas à Kardec) – Set/1867: Consequências que produzirá sobre as massas (Terra e Espaço) e satisfação daqueles a quem ela transformará; – Julho/1868: Abalo inicialmente, mas depois se unirão ao Espiritismo; obras sérias irão aparecer para acabar de esclarecer o juízo humano sobre a nova doutrina.

A Gênese Qual foi a consequência da publicação da obra? – Muitos ficaram realmente

A Gênese Qual foi a consequência da publicação da obra? – Muitos ficaram realmente abalados. – Consequência: Surgiram importantes pesquisas, livros, tratados (marcas da fase nova) Espiritismo entra numa nova fase.

Concordância de Princípios nas Obras da Codificação Ca 4 3 e p Ca p.

Concordância de Princípios nas Obras da Codificação Ca 4 3 e p Ca p. 4 Ca , . 2 p. 9, 1 e 5 0 e 1 1 Introdução e Prolegômenos Parte 1ª (Causas Primárias) Cap. 1 -4 Parte 2ª (Mundo Espírita) Cap. 1 -6 . p. 6 Ca Núcleo Central e Conceitos Espíritas Parte 2ª (Mundo Espírita) Cap. 7 -11 Parte 3ª (Leis Morais) Cap. 1 -12 Parte 4ª (Esperanças e Consolações) Capítulos 1 e 2

Concordância de Princípios nas Obras da Codificação De acordo com Deolindo Amorim (Cadernos Doutrinários):

Concordância de Princípios nas Obras da Codificação De acordo com Deolindo Amorim (Cadernos Doutrinários): • Concordância revela a Unidade doutrinária do Espiritismo: O Livro dos Espíritos COLUNA CENTRAL DO ESPIRITISMO 1ª obra + ensinos básicos O Livro dos Médiuns O Evangelho Segundo o Espiritismo O Céu e o Inferno A Gênese Desdobramento desses ensinos CORPO DA DOUTRINA Ajuste harmônico Interdependência

Concordância de Princípios nas Obras da Codificação • Aspectos Filosófico, Científico e Religioso Esses

Concordância de Princípios nas Obras da Codificação • Aspectos Filosófico, Científico e Religioso Esses aspectos não poderiam ter sido estudados ou desenvolvidos de modo unilateral. Os aspectos se completam. • Não se pode fazer estudo exclusivo de uma única obra devido à interdependência entre elas. • Constatação: Força da Doutrina está na Segurança de sua UNIDADE.

Conclusão • Obras da CODIFICAÇÃO: – 1857 - Livro dos Espíritos = Parte filosófica

Conclusão • Obras da CODIFICAÇÃO: – 1857 - Livro dos Espíritos = Parte filosófica da ciência espírita (base para entendimento das demais obras) – 1861 - Livro dos Médiuns = Parte prática (ocupa-se com os fenômenos, observar os fenômenos) – 1864 - Evangelho Segundo o Espiritismo = Parte moral (Jesus Cristo) – 1865 - O Céu e o Inferno = Destino do homem – 1868 - A Gênese = Discute grandes questões sob a luz do Espiritismo (nova fase do Espiritismo)

Conclusão • Unidade Doutrinária: – Livro dos Espíritos = coluna central – Demais obras

Conclusão • Unidade Doutrinária: – Livro dos Espíritos = coluna central – Demais obras = desdobramento CORPO • Autoria: Espíritos + Allan Kardec • Importância: – Progresso intelecto-moral da humanidade

Concluindo-se com Emmanuel [. . . ] os princípios codificados por Allan Kardec abrem

Concluindo-se com Emmanuel [. . . ] os princípios codificados por Allan Kardec abrem uma nova era para o Espírito humano, compelindo-o à auscultação de si mesmo, no reajuste dos caminhos traçados por Jesus ao verdadeiro progresso da alma, e explicam que o Espiritismo, por isso mesmo, é o disciplinador de nossa liberdade, não apenas para que tenhamos na Terra uma vida social dignificante, mas também para que tenhamos, no campo do espírito, uma vida individual harmoniosa, devidamente ajustada aos impositivos (o que é imposto) da Vida Universal Perfeita, consoante as normas de Eterna Justiça, elaboradas pelo supremo equilíbrio das Leis de Deus.

Bibliografia: 1. KARDEC, Allan. O céu e o inferno. Tradução de Manuel 17. ______.

Bibliografia: 1. KARDEC, Allan. O céu e o inferno. Tradução de Manuel 17. ______. O livro dos médiuns. Tradução de Guillon Justiniano Quintão. 58. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Folha Ribeiro. 76. de rosto. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Folha de rosto. 2. ______. O evangelho Segundo o espiritismo. Tradução de 18. ______. Introdução, p. 13 -14. Guillon 19. ______. Obras póstumas. Tradução de Guillon Ribeiro. 124. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Folha de rosto. 38. ed. 3. ______. Prefácio, p. 23. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Segunda parte. (Minha nova 4. ______. Introdução, p. 25. obra 5. ______. p. 25 -26. sobre a gênese), p. 332. 6. ______. p. 26. 20. ______. (Meus trabalhos pessoais. Conselhos diversos), 7. ______. p. 26 -27. p. 335. 8. ______. p. 27. 9. ______. A gênese. Tradução de Guillon Ribeiro. 48. ed. Rio 21. ______. Revista espírita. Jornal de estudos psicológicos. Ano 1865. de Tradução de Evandro Noleto Bezerra. Poesias traduzidas Janeiro: FEB, 2005. Folha de rosto. por 10. ______. Introdução, p. 9. 11. ______. O livro dos espíritos. Tradução de Guillon Ribeiro. Inaldo Lacerda Lima. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Ano 8, setembro 86. de 1865. Nº 9, p. 377. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Folha de rosto. 22. ______. p. 380 -381. 12. ______. Tábua das matérias, p. 7 -12. 23. AMORIM, Deolindo. Cadernos doutrinários. 1. ed. 13. ______. Introdução, p. 13. Vade Mecum on line: Salvador: 14. ______. Prolegômenos, p. 48 -50. http: //www. vademecumespirita. com. br Circulus, 2000. Caderno nº 5. (Origem, plano e conteúdo 15. ______. p. 49. geral de O livro dos espíritos), p. 109 -120. 16. ______. p. 477 -494.

Marque V ou F a) A primeira edição de O Livros dos Espíritos tinha

Marque V ou F a) A primeira edição de O Livros dos Espíritos tinha 501 questão. V b) O Livro dos Espíritos foi a primeira obra a ser lançada e é dividido em 4 partes. V c) Em 1859, foi lançado a obra: O QUE É O ESPIRITISMO d) Em 1865, foi lançada a obra: O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO (3ª edição – definitiva) V V 43

Marque V ou F e) Em 08/1865, foi lançada a obra: O CÉU E

Marque V ou F e) Em 08/1865, foi lançada a obra: O CÉU E O INFERNO (ou A JUSTIÇA DIVINA SEGUNDO O ESPIRITISMO) V f) Em 01/1868, foi lançada a obra: A GÊNESE V g) Em Outubro de 1861, foi lançada a 2ª edição – definitiva, de O Livro dos Médiuns V h) Cada parte de O Livro dos Espíritos está relacionada a uma das obras sequentes, ou seja, O Livro dos Médiuns, O Evangelho Segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese. V 44

Para se cadastrar e receber mensagens: Basta CLICAR AQUI Ou enviar um email para:

Para se cadastrar e receber mensagens: Basta CLICAR AQUI Ou enviar um email para: [email protected] com. br O Semeador está no Facebook, curtam: http: //www. facebook. com/pages/Semeando-Estrelas/359461244171907 OBS: Não precisa escrever nada no e-mail, nem no campo assunto é só enviar o e-mail e após você recebe uma mensagem de confirmação, clique em Responder , clique em Enviar e já estará inscrito(a) para receber as mensagens. Caso queira cancelar o recebimento basta CLICAR AQUI Ou enviar um email para: [email protected] com. br