O Profissional dos Fundos de Penso do Novo

  • Slides: 36
Download presentation
O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio 10º Encontro dos Profissionais de

O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio 10º Encontro dos Profissionais de Benefícios das Regionais Nordeste e Centro-Norte Agosto/2007 Paulo Veiga

Agenda O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Mudanças no ambiente

Agenda O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Mudanças no ambiente § Conseqüências § Tendências § Conclusões

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Passivo:

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Passivo: Envelhecimento da população de participantes (ativos + inativos + pensionistas)

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Passivo:

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Passivo: Menor taxa de natalidade Projeções

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Passivo:

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Passivo: Aumento da longevidade dos participantes Projeções

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Passivo:

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Passivo: Aumento da relação População Assistida X População Ativa Projeções

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Crescimento

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Crescimento econômico mais baixo

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Baixo

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Baixo crescimento do mercado de trabalho e compressão dos rendimentos reais ü Antigamente, filhos aposentados. ajudavam no sustento de pais ü Atualmente, pais aposentados ajudam o sustento de filhos desempregados ou com salários baixos.

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Ativo:

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Ativo: Estabilização econômica

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Ativo:

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Ativo: Queda na taxa de juros Projeções

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Ativo:

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Ativo: Alongamento de prazos

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Alterações

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Alterações nas condições para empreendimento e financiamento imobiliário: ü Juros pré-fixados e menores; ü Prazos mais longos; ü SFI: • Alienação fiduciária = proteção para o incorporador; • Patrimônio de afetação = proteção para o comprador; • Valor em controverso = proteção para o construtor. ü CRI: financiamento via mercado de capitais; ü Captação de recursos em bolsa de valores: • 19 operações de abertura de capital em 30 meses, em valor superior a R$ 14 bilhões (Setor de C. Civil? )

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Privatização

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Privatização de patrocinadoras ü A conta do déficit não vai mais para o Tesouro. ü Desequilíbrios atuariais das reservas garantidoras devem ser cobertos com ônus para participantes

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Migração

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Migração de participantes de planos BD para planos CD ü Certeza sobre despesa presente e/ou futura. ü Incerteza sobre renda futura.

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior rigor regulatório sobre as EFPCs ü Leis Complementares 108 (EFPCs ligadas a estatais) e 109 ð Regula a constituição de Conselhos Deliberativo e Fiscal e Diretoria Executiva, definindo composição, atribuições e mandatos; ð Diretoria Executiva: experiência nas áreas financeira, administrativa, contábil, jurídica, de fiscalização ou de auditoria e formação superior.

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior rigor regulatório sobre as EFPCs ü Resoluções CMN 2720, 2829, 3121 e 3456 ð Investimentos apoiados previamente aprovada; em Política de Investimento ð Controle de riscos: sistêmico, de crédito, de mercado e de liquidez; ð Controle de divergência não planejada; ð Transparência (comunicação); ð Responsabilização civil e criminal do administrador;

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior rigor regulatório sobre as EFPCs ü Resolução CGPC 13 ð Regras para Governança e Controles Internos nas EFPCs: • Disseminação de cultura de Controles Internos; • Instituição de um Código de Ética e de Conduta; • Exigência de competência técnica e gerencial em todos os níveis da administração da EFPC; • Regras claras para constituição e funcionamento dos órgãos estatutários; ð Objetivo das regras: “preservar a liquidez, a solvência e o equilíbrio dos planos de benefício”.

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Regulação

Mudanças no ambiente O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Regulação aumenta segurança de instrumentos de captação de recursos das Entidades Abertas de Previdência Complementar ü PGBLs crescem em mercado marcado por fracassos passados

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Mudança nas práticas

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Mudança nas práticas de governança nas EFPCs: transparência, controles internos, cumprimento de leis e normas, responsabilização.

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Problemas de Governança

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Problemas de Governança em EFPCs Há interesses conflitantes entre as partes relacionadas em um Fundo de Pensão. ü Participante quer contribuir pouco e ter segurança; ü Participante não quer se envolver na gestão, mas quer resultados; ü Patrocinadora quer contribuir pouco e não oferecer garantias; ü Assistido quer receber benefício sem riscos; ü Conselho estabelece e acompanha objetivos de longo prazo; ü Diretoria é cobrada por resultados de curto prazo.

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Problemas de Governança

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Problemas de Governança em EFPCs Como agravante, existe o fato de que Conselheiros e Diretores/Gerentes são, em geral, participantes ou assistidos, o que os faz decidir sem isenção sobre a solução dos conflitos de interesse.

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Melhores Práticas de

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Melhores Práticas de Governança em EFPCs A solução adequada para os conflitos de interesse deve vir sob a forma de regras de Governança para a EFPC. As regras devem estar apoiadas nos mesmos pilares da Governança Corporativa: • Eqüidade; • Transparência; • Prestação de Contas; • Responsabilidade corporativa; • Cumprimento de normas e leis; e • Ética.

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maiores custos gerenciais

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maiores custos gerenciais ü Profissionalização de equipe; ü Prestação de contas à SPC e aos participantes; ü Contratação de prestadores de serviços especializados.

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Desequilíbrios atuariais nos

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Desequilíbrios atuariais nos planos BD; ü Maior longevidade dos inativos; ü Menor retorno dos investimentos.

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Para compensar menores

Conseqüências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Para compensar menores retornos, exposição a maiores riscos nas carteiras de investimento; § Volta da atratividade do investimento imobiliário.

Tendências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio

Tendências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio

Tendências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior concorrência com

Tendências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior concorrência com planos oferecidos por Entidades Abertas de Previdência Complementar 17, 6% 82, 4%

Tendências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Regulação prudencial prevalecendo

Tendências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Regulação prudencial prevalecendo sobre a regulação qualiquantitativa; § Profissionalização da gestão de investimentos; § Oferta aos participantes de planos com diferentes perfis de risco e retorno; § Segregação de planos para ativos e inativos; § Revisão das premissas de retorno do investimento para o cálculo do equilíbrio atuarial; § Gestão de risco de ALM substituindo gestão de risco de portifólio;

Tendências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Investimentos: ü Estruturação

Tendências O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Investimentos: ü Estruturação das decisões de investimento, em bases mais técnicas; ü Objetivos e benchmarks de Renda Fixa relacionados a operações de prazo mais longo; ü Macro-alocação: • aumento da participação de Renda Variável nas carteiras de investimento; • aumento dos investimentos em hedge funds; • aumento de investimento em Imóveis. ü Micro-alocação: • migração de crédito soberano para crédito não-soberano nas carteiras de Renda Fixa; • aumento dos investimentos em capital de risco na carteira de Renda Variável. ü Investimento em créditos de baixa qualidade e elevado retorno; ü Desenvolvimento de um mercado de derivativos de crédito.

Conclusões O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio

Conclusões O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio

Conclusões O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Fim da perspectiva

Conclusões O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Fim da perspectiva de aposentadoria tranqüila sem riscos § Maior envolvimento do participante com assuntos de seu interesse

Conclusões O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Decisões de investimento

Conclusões O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Decisões de investimento tornam-se muito mais complexas

Conclusões O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior responsabilidade do

Conclusões O Profissional dos Fundos de Pensão do Novo Milênio § Maior responsabilidade do profissional do Fundo de Pensão: ü Competência ü Eficiência ü Transparência

Contatos Departamento de Análise Paulo Veiga Gabriel Goulart Ferreira Daniella Marques Bernardo Dubeux veiga@mercatto.

Contatos Departamento de Análise Paulo Veiga Gabriel Goulart Ferreira Daniella Marques Bernardo Dubeux [email protected] net [email protected] net [email protected] net [email protected] net Mercatto Investimentos Rua São José, 40 / 11º, Centro, Rio de Janeiro, RJ CEP 20. 010 -020 Tel: (21) 3687. 1500 Fax: (21) 3687. 1533 email: [email protected] net http: //www. mercatto. net (21) 3687. 1521 3687. 1540 3687. 1532 3687. 1539