Normalizao de trabalhos acadmicos Marisa Graziadei Bibliotecria CRB

  • Slides: 88
Download presentation
Normalização de trabalhos acadêmicos Marisa Graziadei Bibliotecária – CRB - 8ª/2. 795

Normalização de trabalhos acadêmicos Marisa Graziadei Bibliotecária – CRB - 8ª/2. 795

ABNT �Fundada em 1940, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o órgão

ABNT �Fundada em 1940, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o órgão responsável pela normalização técnica no país, fornecendo a base necessária ao desenvolvimento tecnológico brasileiro. �NORMATIZAR: elaborar as normas. �NORMALIZAR: aplicar as normas.

ABNT �É a única e exclusiva representante no Brasil das seguintes entidades internacionais: ISO

ABNT �É a única e exclusiva representante no Brasil das seguintes entidades internacionais: ISO (International Organization for Standardization); IEC (International Electrotechnical Commission) e das entidades de normalização regional: COPANT (Comissão Panamericana de Normas Técnicas) ; AMN (Associação Mercosul de Normalização)

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT / NBR / ISO �DEVE / PODE �OPCIONAL /

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT / NBR / ISO �DEVE / PODE �OPCIONAL / OBRIGATÓRIO �RECOMENDA-SE. . . (É bom) �O USO DA NORMA É FACULTATIVO

TRABALHOS ACADÊMICOS � ABNT NBR 6022: Informação e documentação – Artigo em publicação periódica

TRABALHOS ACADÊMICOS � ABNT NBR 6022: Informação e documentação – Artigo em publicação periódica científica impressa Apresentação � ABNT NBR 6023: Informação e documentação – Referências - Elaboração � ABNT NBR 6024: Informação e documentação – Numeração progressiva das seções de um documento escrito - Apresentação � ABNT NBR 6027: Informação e documentação – Sumário - Apresentação � ABNT NBR 6028: Informação e documentação – Resumo - Procedimento � ABNT NBR 6034: Informação e documentação – Índice - Apresentação � ABNT NBR 10520: Informação e documentação – Citações em documentos - Apresentação � ABNT NBR 12225: Informação e documentação – Lombada – Apresentação � ABNT NBR 14724: Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos - Apresentação � ABNT NBR 15287: Informação e documentação – Projeto de Pesquisa - Apresentação � Código de Catalogação Anglo-Americano. 2. ed. rev. 2002 São Paulo: FEBAB, 2004. � IBGE. Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro, 1993. (ver site)

ABNT NBR 14724: 2011 � Informação e documentação – � Trabalhos acadêmicos – �

ABNT NBR 14724: 2011 � Informação e documentação – � Trabalhos acadêmicos – � Apresentação � [. . . ] especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros)

ABNT NBR 14724: 2011 ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO � Parte externa � Capa (obrigatório)

ABNT NBR 14724: 2011 ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO � Parte externa � Capa (obrigatório) – Lombada (opcional) � Parte interna Elementos pré-textuais Folha de rosto (obrigatório) Errata (opcional) Folha de aprovação (obrigatório) Dedicatória (opcional) Agradecimentos (opcional) Epígrafe (opcional) Resumo na língua vernácula (obrigatório) Resumo em língua estrangeira (obrigatório) Lista de ilustrações (opcional) Lista de tabelas (opcional) Lista de abreviaturas e siglas (opcional) Lista de símbolos (opcional) Sumário (obrigatório) � � � �

ABNT NBR 14724: 2011 ELEMENTOS TEXTUAIS �Introdução �Desenvolvimento �Conclusão

ABNT NBR 14724: 2011 ELEMENTOS TEXTUAIS �Introdução �Desenvolvimento �Conclusão

ABNT NBR 14724 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS �Referências (obrigatório) �Glossário (opcional) �Apêndice (opcional) �Anexo (Opcional) �Índice

ABNT NBR 14724 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS �Referências (obrigatório) �Glossário (opcional) �Apêndice (opcional) �Anexo (Opcional) �Índice (opcional)

ABNT NBR 14724: 2011 CAPA � Elemento obrigatório. As informações são apresentadas na seguinte

ABNT NBR 14724: 2011 CAPA � Elemento obrigatório. As informações são apresentadas na seguinte ordem: a) nome da instituição (opcional); b) nome do autor; c) título: deve ser claro e preciso, [. . . ] d) subtítulo: se houver, deve ser precedido de dois pontos, [. . . ] e) número do volume: se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume; f) local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado; g) ano de depósito (da entrega). Obs: Apenas uma capa.

LOMBADA – ABNT NBR 12225 � Informação e documentação – Lombada – Apresentação �

LOMBADA – ABNT NBR 12225 � Informação e documentação – Lombada – Apresentação � Esta Norma é baseada na ISO 6357: 1985

LOMBADA – ABNT NBR 12225 A lombada deve conter os seguintes elementos: a) nome(s)

LOMBADA – ABNT NBR 12225 A lombada deve conter os seguintes elementos: a) nome(s) do(s) autor(es), quando houver; b) título; c) elementos alfanuméricos de identificação de volume, fascículo e data, se houver; d) logomarca da editora. � NOTA: Recomenda-se a reserva de um espaço, se possível de 30 mm, na borda inferior da lombada, sem comprometer as informações ali contidas, para a colocação de elementos de identificação que possibilitem a localização do documento.

ABNT NBR 14724: 2011 FOLHA DE ROSTO Elemento obrigatório Anverso Na seguinte ordem: nome

ABNT NBR 14724: 2011 FOLHA DE ROSTO Elemento obrigatório Anverso Na seguinte ordem: nome de autor; título; subtítulo, se houver; número do volume; natureza: tipo do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); nome da instituição a que é submetido; área de concentração; f) nome do orientador e, se houver, do coorientador; g) local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado; h) ano de depósito (da entrega). � � � a) b) c) d) e) Verso Dados de catalogação-na-publicação (ficha catalográfica). Elaborada pela bibliotecária (vide modelo).

ABNT NBR 14724: 2011 ERRATA �Lista dos erros ocorridos no texto, seguidos das correções

ABNT NBR 14724: 2011 ERRATA �Lista dos erros ocorridos no texto, seguidos das correções (opcional) �Inserida logo após a folha de rosto, constituída pela referência do trabalho e pelo texto da errata. Apresentada em papel avulso ou encartado, acrescida ao trabalho depois de impresso.

ERRATA � EXEMPLO: � FERRIGNO, C. R. A. Tratamento de neoplasias ósseas apendiculares com

ERRATA � EXEMPLO: � FERRIGNO, C. R. A. Tratamento de neoplasias ósseas apendiculares com reimplantação de enxerto ósseo autólogo autoclavado associado ao plasma rico em plaquetas: estudo crítico na cirurgia de preservação de membro em cães. 2011. 128 f. Tese (Livre-Docência) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, 2011. � � � Folha 16 Linha 10 Onde se lê auto-clavado Leia-se autoclavado Fonte: Associação Brasileira de Normas Técnicas (2011, p. 7).

ABNT NBR 14724: 2011 FOLHA DE APROVAÇÃO • • • Elemento obrigatório. Deve ser

ABNT NBR 14724: 2011 FOLHA DE APROVAÇÃO • • • Elemento obrigatório. Deve ser inserida pós a folha de rosto, constituída pelo nome do autor do trabalho, título do trabalho e subtítulo (se houver), natureza (tipo do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetido, área de concentração) data de aprovação, nome, titulação e assinatura dos componentes da banca examinadora e instituições a que pertencem. Obs: Não deve conter a nota.

ABNT NBR 14724: 2011 DEDICATÓRIA, AGRADECIMENTOS E EPÍGRAFE �Dedicatória: opcional �Agradecimentos: opcional �Epígrafe: opcional.

ABNT NBR 14724: 2011 DEDICATÓRIA, AGRADECIMENTOS E EPÍGRAFE �Dedicatória: opcional �Agradecimentos: opcional �Epígrafe: opcional. Elaborada conforme a norma de Citações. Podem também constar epígrafes nas folhas ou páginas de abertura das seções primárias. � Epígrafe: texto em que o autor apresenta uma citação, seguida de indicação de autoria, relacionada com a matéria tratada no corpo do trabalho.

ABNT NBR 6028 RESUMO - APRESENTAÇÃO � � � Elemento obrigatório. Ressaltar o objetivo,

ABNT NBR 6028 RESUMO - APRESENTAÇÃO � � � Elemento obrigatório. Ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do trabalho. Frases concisas e afirmativas e não de enumeração de tópicos. Recomenda-se o uso de parágrafo único (sem recuo). Posso ter mais de um parágrafo. As palavras-chave devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão: Palavras-chave: , separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto. Verbo na voz ativa e na terceira pessoa do singular. 150 a 500 palavras (teses, dissertações, tccs e outros) e relatórios técnico-científicos. 100 a 250 palavras (artigos de periódicos) Espaço: 1, 5 entrelinhas. Fazer o Resumo depois que o trabalho estiver pronto.

ABNT NBR 6028 RESUMO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA �Elemento obrigatório. �Não restringir o uso de

ABNT NBR 6028 RESUMO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA �Elemento obrigatório. �Não restringir o uso de uma língua. �Língua de divulgação internacional.

ABNT NBR 14724: 2011 LISTA DE ILUSTRAÇÕES (GERAL) Elemento opcional. � Elaborada de acordo

ABNT NBR 14724: 2011 LISTA DE ILUSTRAÇÕES (GERAL) Elemento opcional. � Elaborada de acordo com, a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, travessão, título e respectivo número da folha ou página. � Quando necessário, recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo de ilustração (desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos e outras). � � EXEMPLO � Quadro 1 – Alunos matriculados no curso de Engenharia Agronômica em 2014. . . 12 Outros tipos de listas: • Lista de tabelas Lista de abreviaturas e siglas Lista de símbolos � Obs: Só faço Lista de Ilustrações quando houverem três ou mais. • •

ABNT NBR 14724: 2011 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS � Elemento opcional. � Relação

ABNT NBR 14724: 2011 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS � Elemento opcional. � Relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas palavras ou expressões correspondentes grafadas por extenso. Recomenda-se lista própria para cada tipo, se houverem muitas. � � � ABNT Fil. IBGE Associação Brasileira de Normas Técnicas Filosofia Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística � � Sigla: letras iniciais dos vocábulos. Abreviatura: representação de uma palavra por meio de sílaba(s) ou letra(s).

LISTA DE SÍMBOLOS �Elemento opcional. Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto,

LISTA DE SÍMBOLOS �Elemento opcional. Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com o devido significado �EXEMPLO: �@ �% Arroba Porcentagem �Símbolo: sinal que substitui o nome de uma coisa ou de uma ação.

ABNT NBR 6027: 2012 SUMÁRIO � Enumeração das divisões, seções e outras partes de

ABNT NBR 6027: 2012 SUMÁRIO � Enumeração das divisões, seções e outras partes de um documento, na mesma ordem e grafia em que a matéria nele se sucede. � A palavra sumário deve ser centralizada e com o mesmo tipo de fonte utilizada para as seções primárias. � Recomenda-se que a subordinação dos itens do sumário seja destacada com a mesma apresentação tipográfica nas seções do documento (opcional). � Os elementos pré-textuais não podem constar no sumário. � Quando houver mais de um volume, o sumário deve figurar completo em ambos os volumes. Recomenda-se em torno de 200 folhas para cada volume. � 1 folha (lauda) = 2 páginas: anverso e verso

ABNT NBR 6027: 2012 SUMÁRIO �Os indicativos das seções que compõem o sumário devem

ABNT NBR 6027: 2012 SUMÁRIO �Os indicativos das seções que compõem o sumário devem ser alinhados à esquerda. �Os títulos e subtítulos sucedem os indicativos das seções. Recomenda-se que sejam alinhados pela margem do título do indicativo mais extenso, inclusive os elementos pós-textuais.

ABNT NBR 6027: 2012 SUMÁRIO � EXEMPLO � 1 � 2 � 3. 1.

ABNT NBR 6027: 2012 SUMÁRIO � EXEMPLO � 1 � 2 � 3. 1. 1 � 4 � 5 � � � INTRODUÇÃO XXXXXXXXXX Xxxxxxxxxxxxx XXXXX CONCLUSÃO REFERÊNCIAS APÊNDICE A – FORMULÁRIO ANEXO A – MANUAL

DIFERENÇA ENTRE SUMÁRIO E ÍNDICE �Sumário: elemento pré-textual. Enumeração das divisões, seções e outras

DIFERENÇA ENTRE SUMÁRIO E ÍNDICE �Sumário: elemento pré-textual. Enumeração das divisões, seções e outras partes do trabalho, na mesma ordem e grafia em que a matéria nele se sucede (obrigatório, elaborado conforme NBR 6027). �Índice: elemento pós-textual. Lista de palavras ou frases, ordenadas segundo determinado critério, que localiza e remete para as informações contidas no texto (opcional, elaborado conforme NBR 6034).

ABNT NBR 14724: 2011 ELEMENTOS TEXTUAIS � Parte introdutória: delimitação do assunto tratado, objetivos

ABNT NBR 14724: 2011 ELEMENTOS TEXTUAIS � Parte introdutória: delimitação do assunto tratado, objetivos do trabalho e as razões de sua elaboração, além de outros elementos para situar o tema. Recomenda-se que seja redigida no final da pesquisa (domínio do tema e clareza dos objetivos) � Desenvolvimento: parte principal. Detalha a pesquisa ou estudo realizado; exposição pormenorizada e ordenada do assunto. Divide-se em seções e subseções. � Parte conclusiva: apresenta conclusões correspondentes aos objetivos e hipóteses. Recapitula sinteticamente os resultados da pesquisa elaborada. O autor manifestará seu ponto de vista sobre os resultados obtidos, sugerindo novas abordagens a serem consideradas em trabalhos semelhantes.

ABNT NBR 14724: 2011 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS �Referências: conforme �Glossário: palavras ou NBR 6023; expressões

ABNT NBR 14724: 2011 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS �Referências: conforme �Glossário: palavras ou NBR 6023; expressões técnicas utilizadas no texto, com suas respectivas definições (opcional, em ordem alfabética); �Apêndice: texto ou documento elaborado pelo autor (opcional). �EXEMPLO: �APÊNDICE A - Questionário

ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS � Anexo: texto ou documento não elaborado pelo autor (opcional). � EXEMPLO:

ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS � Anexo: texto ou documento não elaborado pelo autor (opcional). � EXEMPLO: � ANEXO A – Organograma da empresa � Obs: Não existem normas para a apresentação de glossários, apêndices e anexos. A fonte deve ser citada. � Apêndices e Anexos devem ter o mesmo destaque da seção primária. � Índice: lista de palavras ou frases, ordenadas segundo determinado critério, que localiza e remete para as informações contidas no texto (opcional, elaborado conforme NBR 6034)

ABNT NBR 14724: 2011 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO �Textos em cor preta, podendo utilizar

ABNT NBR 14724: 2011 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO �Textos em cor preta, podendo utilizar outras cores somente para as ilustrações. Papel branco ou reciclado, no formato A 4 (21 cm x 29, 7 cm) �Elementos pré-textuais – iniciar no anverso da folha (exceto dados de catalogação-na-publicação). �Recomenda-se que elementos textuais e pós-textuais sejam digitados na frente e verso das folhas.

MARGENS �Frente: � �Verso: � 3 cm – esquerda e superior 2 cm –

MARGENS �Frente: � �Verso: � 3 cm – esquerda e superior 2 cm – direita e inferior 3 cm – direita e superior 2 cm – esquerda e inferior

TAMANHO DE LETRA � Recomenda-se a fonte tamanho 12 para TODO o trabalho, inclusive

TAMANHO DE LETRA � Recomenda-se a fonte tamanho 12 para TODO o trabalho, inclusive capa, excetuando-se: � Citações com mais de três linhas, notas de rodapé, paginação, ficha catalográfica, legendas e fontes das ilustrações e das tabelas, que devem ser em � tamanho � Obs: menor e uniforme Apenas dois tamanhos de letras: 12 e 10

ESPAÇAMENTO 1, 5 entre as linhas, excetuando-se as: citações de mais de três linhas;

ESPAÇAMENTO 1, 5 entre as linhas, excetuando-se as: citações de mais de três linhas; notas de rodapé; referências; legendas ilustrações e das tabelas; natureza (tipo do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetido e área de concentração), � que devem ser digitados em espaço simples. � � � As referências, no final do trabalho, devem ser separadas entre si por um espaço simples em branco. � Na folha de rosto e na folha de aprovação, o tipo do trabalho, o objetivo, o nome da instituição e a área de concentração devem ser alinhados do meio da mancha gráfica para a margem direita. � � Mancha gráfica: Espaço interior das margens

NOTAS DE RODAPÉ �Digitadas dentro das margens. �Sem espaço entre elas e com fonte

NOTAS DE RODAPÉ �Digitadas dentro das margens. �Sem espaço entre elas e com fonte menor. �Devem ser alinhadas de forma a destacar o expoente.

INDICATIVOS DE SEÇÃO � O indicativo numérico, em algarismo arábico, de uma seção precede

INDICATIVOS DE SEÇÃO � O indicativo numérico, em algarismo arábico, de uma seção precede seu título, alinhado à esquerda, separado por um espaço de caractere. Os títulos das seções primárias devem começar em página � ímpar (anverso), na parte superior da mancha gráfica e ser separados do texto que os sucede por um espaço entre as linhas de 1, 5 em branco. � � Da mesma forma, os títulos das subseções devem ser separados do texto que os precede e que os sucede por um espaço entre as linhas de 1, 5. � Títulos que ocupem mais de uma linha devem ser, a partir da segunda linha, alinhados abaixo da primeira letra da primeira palavra do título.

TÍTULOS SEM INDICATIVO NUMÉRICO � errata, � agradecimentos, � lista de ilustrações, � lista

TÍTULOS SEM INDICATIVO NUMÉRICO � errata, � agradecimentos, � lista de ilustrações, � lista de tabelas � lista de abreviaturas e siglas, � lista de símbolos, � resumos, � sumário, e � referências, glossário, apêndice(s), anexo(s) � – devem ser centralizados. e índice(s) � Elementos sem título e sem indicativo numérico: � Folha-de-rosto, folha de aprovação, a dedicatória e a(s) epígrafe(s).

ELEMENTOS SEM TÍTULO E SEM INDICATIVO NUMÉRICO �Folha de rosto, �Folha de aprovação, �Dedicatória,

ELEMENTOS SEM TÍTULO E SEM INDICATIVO NUMÉRICO �Folha de rosto, �Folha de aprovação, �Dedicatória, �Epígrafe(s)

PAGINAÇÃO (fora da mancha gráfica) � As folhas ou páginas pré-textuais devem ser contadas,

PAGINAÇÃO (fora da mancha gráfica) � As folhas ou páginas pré-textuais devem ser contadas, mas não numeradas. � Para trabalhos digitados ou datilografados somente no anverso, todas as folhas, a partir da folha de rosto, devem ser contadas sequencialmente, considerando somente o anverso. � A numeração deve figurar, a partir da primeira folha da parte textual, em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha, a 2 cm da borda superior, ficando o último algarismo a 2 cm da borda direita da folha. � � Apêndice(s) ? Anexo(s) ? (não há normas) Numerados sequencialmente � Mais de um volume – manter uma única sequência de numeração das folhas ou páginas, do primeiro ao último volume.

PAGINAÇÃO �Quando o trabalho for digitado ou datilografado em anverso e verso, a numeração

PAGINAÇÃO �Quando o trabalho for digitado ou datilografado em anverso e verso, a numeração das páginas deve ser colocada no anverso da folha, no canto superior direito; e no verso, no canto superior esquerdo.

NUMERAÇÃO PROGRESSIVA ABNT NBR 6024 � Deve ser utilizada para evidenciar a sistematização do

NUMERAÇÃO PROGRESSIVA ABNT NBR 6024 � Deve ser utilizada para evidenciar a sistematização do conteúdo do trabalho � “j) os títulos das seções devem ser destacados tipograficamente do texto, de forma hierárquica, da primária à quinária. Podem ser utilizados os recursos gráficos de MAIÚSCULA, negrito, itálico ou sublinhado e outros, ” podendo combinar os destaques. � � Obs: Sempre deve haver um texto entre as seções e subseções. A subseção pode ficar órfã ou viúva (preencher toda a mancha gráfica) � EXEMPLO: � 1 INTRODUÇÃO ◦ XXXXXXXXXXXX (recuo de 1ª linha)

SIGLAS �A sigla, quando mencionada pela primeira vez no texto, deve ser indicada entre

SIGLAS �A sigla, quando mencionada pela primeira vez no texto, deve ser indicada entre parênteses, precedida do nome completo. �EXEMPLO � Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

EQUAÇÕES E FÓRMULAS �Devem ser destacadas no texto e, se necessário, numeradas com algarismos

EQUAÇÕES E FÓRMULAS �Devem ser destacadas no texto e, se necessário, numeradas com algarismos �arábicos entre parênteses, alinhados à direita. Na sequência normal do texto, é permitido o uso de uma entrelinha maior que comporte seus elementos (expoentes, índices, entre outros). �EXEMPLO �x+y=z (1) �(x+y)/5=n (2)

ILUSTRAÇÃO, QUADRO, TABELA �Ilustração: Imagem que ilustra ou elucida um texto; �Quadro: �Tabela: texto;

ILUSTRAÇÃO, QUADRO, TABELA �Ilustração: Imagem que ilustra ou elucida um texto; �Quadro: �Tabela: texto; o dado numérico se destaca como informação central.

ILUSTRAÇÕES � Qualquer que seja o tipo de ilustração, sua identificação aparece na parte

ILUSTRAÇÕES � Qualquer que seja o tipo de ilustração, sua identificação aparece na parte superior, precedida da palavra designativa (desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, quadro, retrato, figura, imagem, entre outros), seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, travessão e do respectivo título. � Após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonte consultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor), legenda, notas e outras informações necessárias à sua compreensão (se houver). �A ilustração deve ser citada no texto e inserida o mais próximo possível do trecho a que se refere. � Obs: Não utilizar o termo Ilustrações, a não ser na LISTA DE ILUSTRAÇÕES

TABELAS �Devem ser inseridas o mais próximo possível do trecho a que se referem

TABELAS �Devem ser inseridas o mais próximo possível do trecho a que se referem e padronizadas conforme o IBGE. �INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Centro de Documentação e Disseminação de Informações. Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro, 1993. 62 p. Disponível em: <http: //biblioteca. �ibge. gov. br/visualizacao/livros/liv 23907. pdf>. �Obs: As tabelas devem ser em preto e branco

DESTAQUES UTILIZADOS NO TRABALHO (Recomendação) � Itálico: � palavras em língua estrangeira; elemento de

DESTAQUES UTILIZADOS NO TRABALHO (Recomendação) � Itálico: � palavras em língua estrangeira; elemento de destaque na referência. � Negrito: destacar moderadamente palavras no � Aspas “ – citações diretas com até três linhas texto. “

� PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287: 2011

� PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287: 2011

PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287: 2011 “Compreende uma das fases da pesquisa.

PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287: 2011 “Compreende uma das fases da pesquisa. É a descrição da sua estrutura. ” Parte externa: Capa e lombada – opcionais. Parte interna: Elementos pré-textuais: Folha de rosto – obrigatório. Listas (ilustrações, tabelas, abreviatura e siglas, símbolos) – são opcionais Sumário – obrigatório. Elementos textuais Elementos pós-textuais: Referências – obrigatório. Glossário, apêndices, anexos e índices - opcionais

PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287 �Capa: nome da entidade; b) nome(s) do(s)

PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287 �Capa: nome da entidade; b) nome(s) do(s) autor(es); c) título; d) subtítulo: se houver, deve ser precedido de dois pontos; e) número do volume: se houver mais de um; f) Local (cidade); Nota: cidades homônimas, acrescentar a sigla do estado. g) ano de depósito (da entrega). a)

PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287 �Folha de rosto: a) nome(s) do(s) autor(es);

PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287 �Folha de rosto: a) nome(s) do(s) autor(es); b) título; c) subtítulo, se houver; d) número do volume, se houver mais e) tipo de projeto de pesquisa e nome de um; da entidade (devem ser alinhados do meio da mancha gráfica para a margem direita); f) nome do orientador, coorientador ou coordenador, se houver; g) cidade; h) ano de depósito (entrega). Nota: Se exigido pela entidade, apresentar os dados curriculares do autor em folha ou página distinta após a folha de rosto.

PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287 � Texto: a) parte introdutória: tema do

PROJETO DE PESQUISA – ABNT NBR 15287 � Texto: a) parte introdutória: tema do projeto, problema a ser abordado, a(s) hipótese(s), quando couber(em), objetivos gerais e específicos a ser(em) atingido(s) e a justificativa(s) 1 INTRODUÇÃO b) referencial teórico que o embasa 2 REVISÃO DA LITERATURA c) metodologia utilizada (tipo de pesquisa, população e amostra, coleta de dados e análise dos dados) 3 METODOLOGIA d) cronograma necessário à sua consecução 4 CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO e) os recursos 5 ORÇAMENTO DA PESQUISA

�Características básicas da redação de um projeto de pesquisa: impessoalidade: 3ª pessoa; objetividade: argumentação

�Características básicas da redação de um projeto de pesquisa: impessoalidade: 3ª pessoa; objetividade: argumentação baseada em dados e provas e não em opiniões pessoais; c) clareza: vocabulário adequado, sem palavras supérfluas; d) precisão: traduzir com exatidão o que se quer transmitir; e) coerência: atenção com a criação dos parágrafos. Eles devem ter fluência entre si; a) b)

f) concisão: ideias com poucas palavras. Cada período com no máximo três ou quatro

f) concisão: ideias com poucas palavras. Cada período com no máximo três ou quatro linhas. Evitar períodos longos. g) simplicidade: utilizar apenas palavras necessárias.

� ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA – NBR 6022: 2003

� ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA – NBR 6022: 2003

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA – NBR 6022: 2003 �Elementos pré-textuais: título e

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA – NBR 6022: 2003 �Elementos pré-textuais: título e subtítulo; b) nome(s) do(s) autor(es); c) resumo na língua do texto; d) palavras-chave na língua do texto a)

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA – NBR 6022: 2003 �Elementos textuais: a) introdução:

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA – NBR 6022: 2003 �Elementos textuais: a) introdução: parte inicial, devem constar a delimitação do assunto, os objetivos e outros elementos necessários para situar o tema; b) desenvolvimento: exposição ordenada e pormenorizada do assunto. Divide-se em seções e subseções, que variam em função do tema e do método; c) conclusão: parte final, na qual se apresentam as conclusões correspondentes aos objetivos e hipóteses.

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA – NBR 6022: 2003 �Elementos a) b) c)

ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA IMPRESSA – NBR 6022: 2003 �Elementos a) b) c) d) e) f) g) h) pós-textuais: título e subtítulo em língua estrangeira; resumo em língua estrangeira; palavras-chave em língua estrangeira; nota(s) explicativa(s); referências; glossário; apêndice(s); anexo(s). (vide modelo de artigo)

�CITAÇÕES – NBR 10520

�CITAÇÕES – NBR 10520

CITAÇÕES – NBR 10520 �Citação: menção de uma informação extraída de outra. �Citação direta:

CITAÇÕES – NBR 10520 �Citação: menção de uma informação extraída de outra. �Citação direta: transcrição textual de parte da obra do autor consultado. �Citação indireta: Texto baseado na obra do autor consultado (paráfrase). �Citação de citação: citação direta ou indireta de um texto em que não se teve acesso ao original (apud – citado por, conforme, segundo).

CITAÇÕES – NBR 10520 � � � Há uma correlação entre as normas: 10520

CITAÇÕES – NBR 10520 � � � Há uma correlação entre as normas: 10520 - Citações e 6023 - Referências 1 Sistema Autor-Data (Americano): a) (SOUZA, 2006, p. 51). b) Segundo Souza (2006, p. 51) 2 Sistema Numérico (Francês): 43 SOUZA, João. O método lógico. São Paulo: Estrela, 2006, p. 50. Obs: 1 O método escolhido deve ser seguido consistentemente ao longo de todo o trabalho. 2 Tudo que for citado deve ser referenciado. 3 Fontes de Informações consultadas (bibliografia consultada ou obras consultadas) devem ser colocadas em Apêndice nunca na Lista de referências.

CITAÇÕES – NBR 10520 � Nas citações, as chamadas pelo sobrenome do autor, pela

CITAÇÕES – NBR 10520 � Nas citações, as chamadas pelo sobrenome do autor, pela instituição responsável ou título incluído na sentença devem ser em letras maiúsculas e minúsculas e, quando estiverem entre parênteses, devem ser letras maiúsculas. � Exemplos: �A ironia seria assim um forma implícita de heterogeneidade mostrada, conforme a classificação proposta por Authier-Reiriz (1982). � "Apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia [. . . ]" � (DERRIDA, 1967, p. 293).

CITAÇÕES – NBR 10520 �Diretas - página é obrigatória: a) até três linhas: “

CITAÇÕES – NBR 10520 �Diretas - página é obrigatória: a) até três linhas: “ “; b) mais de três linhas: recuo de 4 cm, letra menor, espaçamento simples e sem aspas. EXEMPLO: “Não se mova, faça de conta que está morta. ” (CLARAC; BONNIN, 1985, p. 72)

CITAÇÕES – NBR 10520 �Indiretas – página é opcional �EXEMPLOS: �Merriam e Caffarella (1991)

CITAÇÕES – NBR 10520 �Indiretas – página é opcional �EXEMPLOS: �Merriam e Caffarella (1991) observam que a localização de recursos. . . �De fato, semelhante equacionamento do problema conteria o risco. . . (JOSSUA; METZ, 1976, p. 3)

CITAÇÕES – NBR 10520 � Notas de rodapé � Notas de referência � A

CITAÇÕES – NBR 10520 � Notas de rodapé � Notas de referência � A numeração das notas de referência é feita por algarismos arábicos, devendo ter numeração única e consecutiva para � cada capítulo ou parte. Não se inicia a numeração a cada página. � A primeira citação de uma obra, em nota de rodapé, deve ter sua referência completa. � Casos específicos. � Notas explicativas � A numeração das notas explicativas é feita em algarismos arábicos, devendo ter numeração única e consecutiva para cada capítulo ou parte. Não se inicia a numeração a cada página.

CITAÇÕES – NBR 10520 �Sistema numérico �Neste sistema, a indicação da fonte é feita

CITAÇÕES – NBR 10520 �Sistema numérico �Neste sistema, a indicação da fonte é feita por uma numeração única e consecutiva, em algarismos arábicos, remetendo à lista do capítulo ou da parte, na mesma ordem em que aparecem no texto. Não se inicia a numeração das citações a cada página. �EXEMPLOS: �Diz Rui Barbosa: "Tudo é viver, previvendo. " (15) �Diz Rui Barbosa: "Tudo é viver, previvendo. " 15

CITAÇÕES – NBR 10520 �Uso do apud – citado por, conforme, segundo. �EXEMPLO: �Para

CITAÇÕES – NBR 10520 �Uso do apud – citado por, conforme, segundo. �EXEMPLO: �Para o Novo Dicionário da Língua Portuguesa, plágio é “ato ou efeito de plagiar” e o verbete plagiar significa “assinar ou apresentar como seu (obra artística ou científica de outrem). Imitar (trabalho alheio)” (FERREIRA, 1986, p. 1343 apud KROKOSCZ, 2012, p. 11). �Obs: Não se utiliza o itálico em apud.

�REFERÊNCIAS – NBR 6023

�REFERÊNCIAS – NBR 6023

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite sua identificação individual. �Documento - qualquer suporte: impresso, manuscrito, audiovisuais, sonoros, magnéticos e eletrônicos. �Obs: Quando retirarmos os elementos fora do documento, utilizar [ ].

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �As referências são � alinhadas � e de forma somente

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �As referências são � alinhadas � e de forma somente à margem esquerda do texto a se identificar individualmente cada documento, em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo (simples). Quando aparecerem em notas de rodapé, serão alinhadas, a partir da segunda linha da mesma referência, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �O recurso tipográfico (negrito, grifo ou itálico) utilizado para destacar

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �O recurso tipográfico (negrito, grifo ou itálico) utilizado para destacar o elemento título deve ser uniforme em todas as referências de um mesmo documento. [. . . ] �Obs: Recomenda-se o itálico. �As referências constantes em uma lista padronizada devem obedecer aos mesmos princípios. Ao optar pela utilização de elementos complementares, estes devem ser incluídos em todas as referências daquela lista.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Livro: �KROKOSCZ, Marcelo. Autoria e plágio: um guia para estudantes,

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Livro: �KROKOSCZ, Marcelo. Autoria e plágio: um guia para estudantes, professores, pesquisadores e editores. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2012. 149 p. ISBN 978 -85224 -6783 -9.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 Livro em meio eletrônico: �ALVES, Castro. Navio negreiro. [S. l.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 Livro em meio eletrônico: �ALVES, Castro. Navio negreiro. [S. l. ]: Virtual Books, 2000. Disponível em: <http: //www. �terra. com. br/virtualbooks/freebook/port/ Lport 2/navionegreiro. htm>. Acesso em: 10 �jan. 2002, 16: 30. �Obs: Não se recomenda referenciar material eletrônico de curta duração nas redes.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Capítulo de livro: �KROKOSCZ, M. Nem tudo é plágio. In:

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Capítulo de livro: �KROKOSCZ, M. Nem tudo é plágio. In: ______. Autoria e plágio: um guia para estudantes, professores, pesquisadores e editores. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2012. cap. 5, p. 92 -107.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Artigo de revista: �MARQUES, Fabrício. A morte explica a vida.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Artigo de revista: �MARQUES, Fabrício. A morte explica a vida. Pesquisa FAPESP, São Paulo, n. 229, p. 14 -21, mar. 2015.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Trabalho apresentado em evento em meio eletrônico: �SABROZA, P. C.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Trabalho apresentado em evento em meio eletrônico: �SABROZA, P. C. Globalização e saúde: impacto nos perfis epidemiológicos das populações. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE �EPIDEMIOLOGIA, 4. , 1998, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos. . . Rio de Janeiro: ABRASCO, 1998. Mesa-redonda. Disponível em: <http: //www. abrasco. com. br/epirio 98/>. Acesso em: 17 jan. 1999.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Legislação: �BRASIL. Código civil. 46. ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Legislação: �BRASIL. Código civil. 46. ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Dissertações, acadêmicos: �MORGADO, teses e trabalhos M. L. C. Reimplante

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Dissertações, acadêmicos: �MORGADO, teses e trabalhos M. L. C. Reimplante dentário. 1990. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização)–Faculdade de Odontologia, Universidade Camilo Castelo Branco, São Paulo, 1990.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 � Documento eletrônico: de acesso exclusivo em meio � AVES

REFERÊNCIAS – NBR 6023 � Documento eletrônico: de acesso exclusivo em meio � AVES do Amapá: banco de dados. Disponível em: http: //www. bdt. org/bdt/avifauna/aves. Acesso em: 30 maio 2002. � CIVITAS. Coordenação de Simão Pedro P. Marinho. Desenvolvido pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 19951998. Apresenta textos sobre urbanismo e desenvolvimento de cidades. Disponível em: � <http//www. gcsnet. com. br/oamis/civitas>. Acesso em: 27 nov. 1998.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Ordenação �As das referências: referências documentos citados em um trabalho

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Ordenação �As das referências: referências documentos citados em um trabalho devem ser ordenadas de acordo com o sistema utilizado para �citação no texto, conforme NBR 10520. �Os sistemas mais utilizados são: alfabético (ordem alfabética de entrada) e numérico (ordem de citação no texto).

REFERÊNCIAS – NBR 6023 � Sistema alfabético: � As referências devem ser reunidas no

REFERÊNCIAS – NBR 6023 � Sistema alfabético: � As referências devem ser reunidas no final do trabalho, do artigo ou do capítulo, em uma única ordem alfabética. � Eventualmente, o(s) nome(s) do(s) autor(es) de várias obras referenciadas sucessivamente, na mesma página, pode(m) ser substituído(s), nas referências seguintes à primeira, por um traço sublinear (equivalente a seis espaços) e ponto. � Exemplos: � FREYRE, Gilberto. Casa grande & senzala: formação da família brasileira sob regime de economia patriarcal. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1943. 2 v. � ______ . Sobrados e mucambos: decadência do patriarcado rural no Brasil. São Paulo: Ed. Nacional, 1936.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Sistema �A numérico: lista de referências deve seguir a mesma

REFERÊNCIAS – NBR 6023 �Sistema �A numérico: lista de referências deve seguir a mesma ordem numérica crescente. �O sistema numérico não pode ser usado concomitantemente para notas de referência e notas explicativas.

REFERÊNCIAS – NBR 6023 � No � De texto: acordo com as novas tendências

REFERÊNCIAS – NBR 6023 � No � De texto: acordo com as novas tendências da jurisprudência brasileira 1, é facultado ao � magistrado decidir sobre a matéria. � Todos os índices coletados para a região escolhida foram analisados minuciosamente 2. � Na lista de referências: � 1 CRETELLA JÚNIOR, José. Do impeachment no direito brasileiro. [São Paulo]: R. dos Tribunais, 1992. p. 107. � 2 BOLETIM ESTATÍSTICO [da] Rede Ferroviária Federal. Rio de Janeiro, 1965. p. 20.

�ÍNDICE – NBR 6034

�ÍNDICE – NBR 6034

ÍNDICE – NBR 6034 �Relação de palavras ou frases, ordenadas segundo determinado critério, que

ÍNDICE – NBR 6034 �Relação de palavras ou frases, ordenadas segundo determinado critério, que localiza e remete para as informações contidas num texto. �Obs: lista. Não confundir índice com sumário e

ÍNDICE – NBR 6034 �Quanto ao enfoque, o índice pode ser: �a) especial, quando

ÍNDICE – NBR 6034 �Quanto ao enfoque, o índice pode ser: �a) especial, quando organizado por: � - autores; � - assuntos; � - títulos; � - pessoas e/ou entidades; � - nomes geográficos; � - citações; � - anunciantes e matérias publicitárias. �b) geral, quando combinadas duas ou mais das categorias indicadas na alínea a). �Exemplo: Índice de autores e assuntos.

ÍNDICE – NBR 6034 �entrada: Unidade do índice que consiste em cabeçalho e indicativo

ÍNDICE – NBR 6034 �entrada: Unidade do índice que consiste em cabeçalho e indicativo de sua localização no texto. �indicativo: Número(s), da(s) página(s) ou outra(s) indicação(ões) especificada(s), do local onde os �itens podem ser localizados no texto. �Obs: O índice deve ser impresso no final do documento, com paginação consecutiva ou em volume separado.

ÍNDICE – NBR 6034 �Quando precisar elaborar corretamente um índice consulte um bibliotecário.

ÍNDICE – NBR 6034 �Quando precisar elaborar corretamente um índice consulte um bibliotecário.

BOA TARDE E UM EXCELENTE FIM-DE-SEMANA

BOA TARDE E UM EXCELENTE FIM-DE-SEMANA