Lio 06 Tenham esperana Objetivo Mostrar ao estudante

  • Slides: 16
Download presentation

Lição 06 Tenham esperança

Lição 06 Tenham esperança

Objetivo • Mostrar ao estudante da Palavra de Deus que, mesmo em meio aos

Objetivo • Mostrar ao estudante da Palavra de Deus que, mesmo em meio aos dilemas da vida, temos motivos para ter esperança, uma que Jesus ressuscitou, voltará e nos levará para a eternidade com ele.

Texto-base • Irmãos, não queremos que vocês sejam ignorantes quanto aos que dormem, para

Texto-base • Irmãos, não queremos que vocês sejam ignorantes quanto aos que dormem, para que não se entristeçam como os outros que não têm esperança. (1 Ts 4: 13 - NVI)

Introdução • Muitos, por não conhecerem o evangelho, vivem e morrem sem esperança. Mas

Introdução • Muitos, por não conhecerem o evangelho, vivem e morrem sem esperança. Mas não são assim os que creem em Jesus. Depois de tratar sobre a santidade que deve marcar a vida do cristão, enquanto aguarda o Senhor Jesus, Paulo apresenta algumas orientações, relacionadas à esperança da ressurreição dos mortos (1 Ts 4: 13 -18).

I. OBSERVANDO A IGREJA DE TESSALÔNICA • Os cristãos de Tessalônica estavam se entristecendo

I. OBSERVANDO A IGREJA DE TESSALÔNICA • Os cristãos de Tessalônica estavam se entristecendo em relação aos seus entes queridos que haviam dormido em Cristo, como se estes tivessem perecido. Por isso, Paulo corrige essa postura e lhes dá importantes motivos para manterem a esperança.

I. OBSERVANDO A IGREJA DE TESSALÔNICA • 1. A esperança na ressurreição: O fato

I. OBSERVANDO A IGREJA DE TESSALÔNICA • 1. A esperança na ressurreição: O fato de Cristo ter ressuscitado abre as portas para a ressurreição dos justos. E porque Cristo ressuscitou, sabemos que os salvos que dormiram voltarão à vida, pois, em Cristo, todos serão vivificados (1 Co 15: 22).

I. OBSERVANDO A IGREJA DE TESSALÔNICA • 2. A esperança no advento: Será nesse

I. OBSERVANDO A IGREJA DE TESSALÔNICA • 2. A esperança no advento: Será nesse espetacular evento que os mortos em Cristo ressuscitarão. O apóstolo, inspirado pelo Espírito Santo, descreve a segunda vinda de Cristo, não para simplesmente satisfazer a curiosidade dos crentes, mas para os consolar.

I. OBSERVANDO A IGREJA DE TESSALÔNICA • 3. A esperança na vida eterna: Mais

I. OBSERVANDO A IGREJA DE TESSALÔNICA • 3. A esperança na vida eterna: Mais um motivo de esperança apresentado por Paulo aos cristãos é a vida eterna. Ele deixa claro, no texto de 1 Ts 4: 17, que nosso encontro com Cristo não será rápido ou passageiro, mas que estaremos para sempre com o Senhor.

QUESTÕES DO ESTUDO

QUESTÕES DO ESTUDO

QUESTÕES DO ESTUDO • 01. Leia a introdução e comente sobre como vivem e

QUESTÕES DO ESTUDO • 01. Leia a introdução e comente sobre como vivem e morrem sem esperança aqueles que não conhecem o evangelho. • 02. Leia o item 1; Ef 2: 12, e responda: Por que a tristeza sobreveio aos cristãos tessalonicenses e de que modo Paulo agiu para reverter esse quadro? • 03. Com base no item 2, responda: Por que a volta de Cristo deve ser um motivo para a nossa esperança? Leia 1 Ts 4: 16, 17 e fale sobre os três fatos destacados nesse texto sobre o advento. • 04. Conforme afirma o item 3, o apóstolo Paulo diz que “viveremos para sempre com o Senhor”. Com essa esperança, sob qual perspectiva devemos encarar o sofrimento do presente e a própria morte?

II. APLICANDO À IGREJA DA ATUALIDADE 1. Busque esperança na Palavra de Deus. •

II. APLICANDO À IGREJA DA ATUALIDADE 1. Busque esperança na Palavra de Deus. • Teólogos, filósofos e sociólogos debatem acirradamente, a fim de encontrar uma solução para o problema e o destino dos mortos. Mas somente a autoridade da Palavra de Deus nos dá a segurança e o conforto de que precisamos. • 05. Como você pode ter conforto e segurança, diante da morte, através da autoridade da Palavra de Deus?

II. APLICANDO À IGREJA DA ATUALIDADE • 2. Busque esperança na promessa de Deus.

II. APLICANDO À IGREJA DA ATUALIDADE • 2. Busque esperança na promessa de Deus. • Ainda que vivamos um tempo privilegiado, tecnológico, cheio de oportunidades, um dia Cristo Jesus rasgará os céus e nos chamará para a eternidade com ele. Foi ele quem prometeu isso aos crentes (Jo 14: 3). • 06. Qual foi a última vez em que você falou sobre o céu ou sobre a vida eterna? Como você imagina a vida na eternidade com Deus?

Desafio da semana • Não há razão para o desespero e a tristeza, pois

Desafio da semana • Não há razão para o desespero e a tristeza, pois a morte não é o fim. Os servos de Cristo que faleceram estão guardados, dormindo o “sono dos justos”, esperando o glorioso dia em que Jesus Cristo, que ressuscitou depois de três dias morto, voltará como Senhor e Rei, e, com poder, também nos ressuscitará para nos levar para sempre com ele. • Seu desafio é, nesta semana, encorajar alguém com essas palavras. Certamente, existem agora inúmeras pessoas cristãs enfrentando uma situação de luto. Lembre-lhes a esperança encontrada na Palavra de Deus. Você também conhece muitas pessoas que ainda não renderam suas vidas a Cristo. Diga-lhes que ele quer passar a eternidade com elas e mostre -lhes o caminho.

Próximo estudo • Lição 07 • Estejam atentos

Próximo estudo • Lição 07 • Estejam atentos