FORMAO DE PALAVRAS Prof Dr Alexandre Rosa dos

  • Slides: 12
Download presentation
 FORMAÇÃO DE PALAVRAS Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos - CCAE-UFES Departamento de

FORMAÇÃO DE PALAVRAS Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos - CCAE-UFES Departamento de Engenharia Rural - ERU Programa de Pós-Graduação (Mestrado/Doutorado) em Ciências Florestais da UFES – PPGCFL/UFES Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2 - Comitê RF - Recursos Florestais Email: [email protected] com. br (oficial) alexandre. [email protected] cnpq. br (bolsista de produtividade CNPq) PORTAL MUNDO DA GEOMÁTICA: www. mundogeomatica. com. br Telefone: 28 -3552 -8988 (sala no CCAE-UFES) 28 -9 -9926 -0262 (celular) Curriculum Lattes CNPq: http: //lattes. cnpq. br/7125826645310758 Formação Pós-Doutorado em Ciências Florestais (Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento) – UFV (Conceito CAPES 6) Doutorado em Engenharia Agrícola UFV (Conceito CAPES 6) Mestrado em Meteorologia Agrícola - UFV (Conceito CAPES 5) Especialização (And. ) em Metodologia Ensino da Língua Portuguesa e Inglesa – UCAM Graduação (And. ) em Licenciatura em Letras - Português e Inglês – UNIFRAM Graduação (And. ) em Licenciatura em Letras – Português – ISEED Graduação em Agronomia - UFES

VANTAGENS EM TER UMA HOME PAGE Espaço onde mais de 40 milhões de consumidores

VANTAGENS EM TER UMA HOME PAGE Espaço onde mais de 40 milhões de consumidores em potencial, todo o s em e o mundo. m d r a r Já existem O acesso esta ficando mais ca vafácil. s DERIVAÇÃO até adaptadores para videogames!! pe a os o h d Está sendo ensinada nas escolas particulares. r m an de in a c nd a la pu a mais fácil conseguir matérias editoriais. e ê r c a e ite o ABREVIAÇÃO OU REDUÇÃO p d É uma mídia interativa, pode também coletar v re o a n e h p informações. c ea qu ite a j ? o o HIBRIDISMO Toda e qualquer empresa na Internet assume ê o c ) n global, podendo o e h exercer e ãocaráter o parcerias v t a d n g e e a (r E com empresas em outros países. je ol? u o q e-p et a Internet é uma ONOMATOPÉIA h nzalcance Pelo que propicia, o a o om tern das mídias mais baratas que existem e custa ã t h n n menos do que você imagina. E ma a I EMPRÉSTIMOS E GÍRIAS u n Sua empresa pode atingir seus consumidores -a muito mais prontamente e se comunicar com r lic a om COMPOSIÇÃO o h É um assunto atual na mídia. Tendo um site é b b eles de uma forma interativa. PEIXE” A R A P s BOA Santo EDE R “ESTA DA E re Rosa dos A S E P lexand ESTÁ r. A Prof. D

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS Inicialmente observemos alguns conceitos sobre palavras primitivas e derivadas

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS Inicialmente observemos alguns conceitos sobre palavras primitivas e derivadas e palavras simples e compostas: PALAVRAS PRIMITIVAS – palavras que não são formadas a partir de outras. Exemplo: pedra, casa, paz, etc. PALAVRAS DERIVADAS – palavras que são formadas a partir de outras já existentes. Exemplo: pedrada (derivada de pedra), ferreiro (derivada de ferro). PALAVRAS SIMPLES – são aquelas que possuem apenas um radical. Exemplo: cidade, casa, pedra. PALAVRAS COMPOSTAS - são palavras que apresentam dois ou mais radicais. Exemplo: pé-de-moleque, pernilongo, guarda-chuva.

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS Na língua portuguesa existem dois processos de formação de

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS Na língua portuguesa existem dois processos de formação de novas palavras: derivação e composição. 1 - DERIVAÇÃO É o processo pelo qual palavras novas (derivadas) são formadas a partir de outras que já existem (primitivas). Podem ocorrer das seguintes maneiras: Prefixal Sufixal Parassintética Regressiva Imprópria

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS PREFIXAL – processo de derivação pelo qual é acrescido

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS PREFIXAL – processo de derivação pelo qual é acrescido um prefixo a um radical. Exemplo: desfazer, inútil. Vejamos alguns prefixos latinos e gregos mais utilizados:

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS SUFIXAL – processo de derivação pelo qual é acrescido

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS SUFIXAL – processo de derivação pelo qual é acrescido um sufixo a um radical. Exemplo: carrinho, livraria. Vejamos alguns prefixos latinos e gregos mais utilizados:

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS PARASSINTÉTICA – processo de derivação pelo qual é acrescido

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS PARASSINTÉTICA – processo de derivação pelo qual é acrescido um prefixo e sufixo simultaneamente ao radical. Exemplo: anoitecer, pernoitar. OBSERVAÇÃO Existem palavras que apresentam prefixo e sufixo, mas não são formadas por parassíntese. Para que ocorra a parassíntese é necessários que o prefixo e o sufixo juntem-se ao radical ao mesmo tempo. Para verificar tal derivação basta retirar o prefixo ou o sufixo da palavra. Se a palavra deixar de ter sentido, então ela foi formada por derivação parassintética. Caso a palavra continue a ter sentido, mesmo com a retirada do prefixo ou do sufixo, ela terá sido formada por derivação prefixal e sufixal.

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS REGRESSIVA - processo de derivação em que são formados

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS REGRESSIVA - processo de derivação em que são formados substantivos (substantivos deverbais) a partir de verbos. Exemplo: Ninguém justificou o atraso. (do verbo atrasar) O debate foi longo. (do verbo debater) IMPRÓPRIA - processo de derivação que consiste na mudança de classe gramatical da palavra sem que sua forma se altere. Exemplo: Só compramos coisas baratas na feira adjetivo Cara, a festava um tremendo barato. substantivo

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS 2 - COMPOSIÇÃO É o processo pelo qual a

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS 2 - COMPOSIÇÃO É o processo pelo qual a palavra é formada pela junção de dois ou mais radicais. A composição pode ocorrer de duas formas: JUSTAPOSIÇÃO e AGLUTINAÇÃO JUSTAPOSIÇÃO – quando não há alteração nas palavras e continua a serem faladas (escritas) da mesma forma como eram antes da composição. Exemplo: girassol (gira + sol), pé-de-moleque (pé + de + moleque) AGLUTINAÇÃO – quando há alteração em pelo menos uma das palavras seja na grafia ou na pronúncia. Exemplo: planalto (plano + alto)

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS 3 - ABREVIAÇÃO OU REDUÇÃO É a forma reduzida

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS 3 - ABREVIAÇÃO OU REDUÇÃO É a forma reduzida apresentada por algumas palavras: Exemplo: auto (automóvel), quilo (quilograma), moto (motocicleta). 4 - HIBRIDISMO É a formação de palavras a partir da junção de elementos de idiomas diferentes. Exemplo: automóvel (auto – grego + móvel – latim), burocracia (buro – francês + cracia – grego).

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS 5 - ONOMATOPÉIA Consiste na criação de palavras através

PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS 5 - ONOMATOPÉIA Consiste na criação de palavras através da tentativa de imitar vozes ou sons da natureza. Exemplo: fonfom, cocoricó, tique-taque, boom!. 7 – GÍRIAS 6 – EMPRÉSTIMOS GÍRIAS – são palavras ou expressões de criação popular. EMPRÉSTIMOS – são palavras estrangeiras que penetram na língua em consequência de contatos entre povos. Exemplo: bacana, bicho, broto, papo firme, xaveco, azarar, cara, sujou, é massa. Exemplo: iogurte (do turco yoghurt), chisbúrguer (do inglês cheeseburger), chique (do francês chic); outros mantêm sua grafia original, como, por exemplo, apartheid, diesel, shopping center, outdoor e office boy (do inglês) e telex (do francês).

FIM!

FIM!