Ferrugens Prof Jos Belasque ESALQUSP junho de 2018

  • Slides: 16
Download presentation
Ferrugens Prof. José Belasque (ESALQ/USP) junho de 2018 Doenças das grandes culturas (LFN 1624)

Ferrugens Prof. José Belasque (ESALQ/USP) junho de 2018 Doenças das grandes culturas (LFN 1624)

culturas agrícolas afetadas por ferrugens • • • Amendoim (Puccinia arachidis) Aveia (folha –

culturas agrícolas afetadas por ferrugens • • • Amendoim (Puccinia arachidis) Aveia (folha – P. coronata f. sp. avenae e colmo – P. graminis f. sp. avenae) Café (Hemileia vastatrix) Cana-de-açúcar (marrom – P. melanocephala e alaranjada – P. kuehnii) Feijoeiro (Uromyces appendiculatus) Girassol (P. helianthi) Milho (comum – P. sorghi, polisora – P. polysora e tropical – Physopella zeae) Soja (asiática – Phakopsora pachyrhizi e americana – Phakopsora meibomiae) Trigo (folha – P. triticina e colmo – P. graminis f. sp. tritici)

culturas agrícolas afetadas por ferrugens • fungos basidiomicetos • grande variabilidade genética na população

culturas agrícolas afetadas por ferrugens • fungos basidiomicetos • grande variabilidade genética na população do patógeno (raças, quebra de resistência genética do hospedeiro, resistência à fungicidas) • penetração via estômatos (ou direta) • necessidade de molhamento foliar para penetração (várias horas)

culturas agrícolas afetadas por ferrugens • uredósporos (urediniósporos) produzidos nas folhas e disseminados por

culturas agrícolas afetadas por ferrugens • uredósporos (urediniósporos) produzidos nas folhas e disseminados por ventos (epidemias) • manejo: com resistência genética, fungicidas [cúpricos, DMIs (G 1), Qo. Is (C 3), SDHIs (C 2)], eliminação de plantas hospedeiras

alguns conceitos • ferrugens macrocíclicas ou de ciclo longo possuem cinco fases: picnial, ecial,

alguns conceitos • ferrugens macrocíclicas ou de ciclo longo possuem cinco fases: picnial, ecial, uredial, telial e basidial • ferrugens microcíclicas ou de ciclo curto não possuem as fases picnial e ecial • ferrugens autoicas: cinco fases em um único hospedeiro • ferrugens heteroicas: fases picnial e ecial ocorrem em um hospedeiro alternativo

ciclo da ferrugem do amendoim DOI 10. 1007/s 00709 -015 -0783 -8

ciclo da ferrugem do amendoim DOI 10. 1007/s 00709 -015 -0783 -8

manejo da ferrugem do amendoim • resistência genética • eliminação de plantas voluntárias •

manejo da ferrugem do amendoim • resistência genética • eliminação de plantas voluntárias • controle químico

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

manejo da ferrugem do amendoim

ferrugem do cafeeiro • raças conhecidas de H. vastatrix • Coffea canephora é mais

ferrugem do cafeeiro • raças conhecidas de H. vastatrix • Coffea canephora é mais resistente que C. arabica • há variedades de cafeeiro com altas resistência à ferrugem • 136 produtos registrados para controle químico ou orgânico Bacillus subtilis, triazóis, estrobilurinas, acibenzolar-S -metílico, cúpricos, carboxamida, tiofanato metílico, mancozebe, clorotalonil, carboxanilida

ferrugem do feijoeiro • ferrugem macrocíclica e autoica • U. appendiculatus infecta outras espécies

ferrugem do feijoeiro • ferrugem macrocíclica e autoica • U. appendiculatus infecta outras espécies de Phaseolus • exige molhamento prolongado (>10 h) e 17 a 27°C • há dezenas de raças descritas em todo mundo • manejo: resistência genética, época de plantio, menor adensamento e controle químico triazóis, estrobilurinas, benzimidazol, cúpricos, tiofanato metílico, ditiocarbamato, protioconazol, carboxanilidas e outros (92 produtos registrados)

ferrugem do feijoeiro

ferrugem do feijoeiro