Exposio Bblica EVANGELHO DE JOO Mensagem 20 Joo

  • Slides: 38
Download presentation
Exposição Bíblica EVANGELHO DE JOÃO

Exposição Bíblica EVANGELHO DE JOÃO

Mensagem 20 João 4. 1 -9 .

Mensagem 20 João 4. 1 -9 .

1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer

1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia. 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentarase Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta.

7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: - Dá-me de beber.

7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: - Dá-me de beber. 8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

Mensagem 20 1. 1 -51 – Revelações sobre Jesus 1 - Divindade (1. 1

Mensagem 20 1. 1 -51 – Revelações sobre Jesus 1 - Divindade (1. 1 -9) 2 - Encarnação (1. 10 -14) 3 - Revelação da graça (1. 15 -18) 4 - Superior ao profeta João (1. 19 -28) 5 - O cordeiro de Deus prometido (1. 29 -32) 6 - Filho de Deus (1. 33 -34) 7 - Messias, o ungido (1. 35 -42) 8 - Maior do que todas as coisas (1. 43 -51) .

Mensagem 20 . 1. 1 -51 – Revelações sobre Jesus 2. 1 -25 –

Mensagem 20 . 1. 1 -51 – Revelações sobre Jesus 2. 1 -25 – Razões não genuínas para se crer em Jesus – confrontando nossas expectativas. 1 – Crer porque Ele pode resolver problemas (2. 1 -12) 2 – Crer porque Ele pode evitar perseguição (2. 13 -17) 3 – Crer se Ele corresponder à sua fé (2. 18 -22) 4 – Conclusão: Jesus é aquele que avalia a fé (2. 23 -25)

Mensagem 20 . 1. 1 -51 – Revelações sobre Jesus 2. 1 -25 –

Mensagem 20 . 1. 1 -51 – Revelações sobre Jesus 2. 1 -25 – Razões não genuínas para se crer em Jesus – confrontando nossas expectativas. 3. 1 -21 – Construção de uma fé genuína. 1 – É uma ação graciosa de Deus (3. 1 -3) 2 – Regenera: É a manifestação da vida de Deus (3. 4 -8) 3 – É um milagre que causa perplexidade (3. 9 -15) 4 – Leva a humildade para exaltar um Deus tão amoroso (3. 16 -21)

Mensagem 20 . 1. 1 -51 – Revelações sobre Jesus 2. 1 -25 –

Mensagem 20 . 1. 1 -51 – Revelações sobre Jesus 2. 1 -25 – Razões não genuínas para se crer em Jesus – confrontando nossas expectativas. 3. 1 -21 – Construção de uma fé genuína. 3. 22 -36 – Testemunhos de fé. 1 – Uma fé genuína constrói-se sob a centralidade de Cristo (3. 22 -30) 2 – Uma fé genuína constrói-se sob a descentralidade do homem (3. 31 -36)

Mensagem 20 . 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo

Mensagem 20 . 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo produz nos seus discípulos. [ Fé centrada em Cristo produz grande compaixão no coração dos seus discípulos!]

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . 1 Quando,

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . 1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. 1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. A – Amor pelas pessoas. 1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. 3. 25 -26 A – Amor pelas pessoas. • Os fariseus Ora, entre os discípulos de João e um judeu suscitou-se uma contenda com respeito à purificação. E foram ter com João e lhe disseram: Mestre, aquele que discípulos de João estava contigo além • do. Os Jordão, do qual tens dado testemunho, está batizando, e todos lhe saem ao encontro. 1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia.

Purificação no Templo 1 – Produz grande– 2. 18 compaixão - Mensagem 194. 1

Purificação no Templo 1 – Produz grande– 2. 18 compaixão - Mensagem 194. 1 -6. . Sinais messiânicos – 2. 23 Perguntaram-lhe, pois, os judeus: Que sinal nos mostras, I fazeres –Nicodemos Saídaestas da–coisas? Judéia. para Fé de 3. 1 Estando ele em Jerusalém, durante a Festa da Páscoa, muitos, vendo sinais que ele fazia, creram no seu nome; A –os. Amor pelas pessoas. Fé de João Batista – 3. 30 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, • judeus. Os fariseus um dos principais dos Convém que ele cresça e que eu diminua. • Os discípulos de João 1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. A – Amor pelas pessoas. • Os fariseus IMATURIDADE • Os discípulos de João 1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. Pregar o evangelho

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. Pregar o evangelho é falar! “Algumas vezes as pessoas ITestemunhar – Saída da Judéia. do evangelho é vivê-lo Devemos pregar sempre! conhecerão cristo por nossas demonstrando compaixão. O evangelho A – Amor pelas pessoas. provoca. palavras, mas sempre B – O amor o levou a parar. o conhecerão • pela Isto não devemos nunca. • As vezes é preciso parar deparar provocar por amor nossa bondade”. . aos imaturos. 1 Quando, pois, o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido dizer que ele, Jesus, fazia e batizava mais discípulos que João 2 (se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos), 3 deixou a Judéia, retirando-se outra vez para a Galiléia.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. II – Partida para a Galiléia. 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. II – Partida para a Galiléia. A – Samaria. Transjordânia Caminho longo Terras gentias 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. II – Partida para a Galiléia. A – Samaria. B – Provocou a ida por Samaria. 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. Samaria. I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. Samaria. I – Saída da Judéia. • Capital do Reino do Norte. • Durante o cativeiro se misturaram com estrangeiros. II – Partida para. Assírico a Galiléia. . • Após o exílio os Judeus trataram os samaritanos como: A – Samaria. - Rebeldes políticos B – Provocou a ida por Samaria. - Mestiços – meio judeu - Falsos diante da religião (macularam) • 400 a. C. levantaram o próprio templo (Mt Gerizin) necessário. que. . . • Aceitavam apenas. Foi a Torah e recusavam. Tinha os demais livros • Negavam Jerusalém e adoravam no Mt Gerizin 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. II – Partida para a Galiléia. A – Samaria. B – Provocou a ida por Samaria. C – Provocou o lugar. 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I –

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . I – Saída da Judéia. II – Partida para a Galiléia. A – Samaria. B – Provocou a ida por Samaria. C – Provocou o lugar. D – Provocou o ambiente. 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta.

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . amor àqueles

1 – Produz grande Mensagem compaixão 19 - 4. 1 -6. . amor àqueles que não iriam ouvir, I“Por – Saída da Judéia. “Ao. Jesus invésparou de criticar o que há de de provocar. ” II – Partida para a Galiléia. diferente lá fora, saia lá fora e faça a A – amor Samaria. àqueles que precisavam “Por B – Provocou diferença. ” a ida por Samaria. ouvir, Jesus opartiu C – Provocou lugar. para provocar. ” D – Provocou o ambiente. E – Provocou a hora. 4 E era-lhe necessário atravessar a província de Samaria. 5 Chegou, pois, a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. 6 Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta.

Mensagem 20 . 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo

Mensagem 20 . 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo produz nos seus discípulos. [ Fé centrada em Cristo produz grande compaixão no coração dos seus discípulos!]

Mensagem 20 . 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo

Mensagem 20 . 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo produz nos seus discípulos. [ Fé centrada em Cristo produz preceitos quebram preconceitos!]

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . 7

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . Jesusponto,

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . Jesusponto, quebrou preconceitos culturais. 27 I -Neste chegaram os seus discípulos e se admiraram de que estivesse com uma mulher; nenhum lhe disse: A –falando Ele falou ativamente comtodavia, a mulher. Que perguntas? Ou: um Porpedido que falas com ela? B – Fez a ela. C – Dialogou com ela. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I - Jesus quebrou preconceitos culturais. II - Jesus quebrou preconceitos religiosos. A – Está no monte Gerizin (sagrado para samaritanos) B – Falando com meio judeu. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I - Jesus quebrou preconceitos culturais. II - Jesus quebrou preconceitos religiosos. A – Está no monte Gerizin (sagrado para samaritanos) B – Falando com meio judeu. C – Bebeu água em copo samaritano. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I - Jesus quebrou preconceitos culturais. II - Jesus quebrou preconceitos religiosos. III - Jesus quebrou todos os preconceitos. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I - Jesus quebrou preconceitos culturais. Nicodemos x Mulher Samaritana II - Jesus quebrou preconceitos religiosos. Judeu Samaritana III - Jesus quebrou todos os preconceitos. Mulher Homem A – Ela é mulher. Rico Pobre Alta classe Camponesa Mestre da lei Sem acesso a educação Jesus tratou igualmente. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I - Jesus quebrou preconceitos culturais. II - Jesus quebrou preconceitos religiosos. III - Jesus quebrou todos os preconceitos. A – Ela é mulher. B – Ela é samaritana. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . -

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . - Jesus preconceitos 6 IEstava ali quebrou a fonte de Jacó. Cansado daculturais. viagem, assentara-se Jesus II - Jesus preconceitos junto à fonte, quebrou por volta da hora sexta. religiosos. III - Jesus quebrou todos os preconceitos. A – Ela é mulher. B – Ela é samaritana. C – Ela era discriminada na sociedade. - isolada das demais mulheres. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 –ao. Produz dea mulher: preconceitos - 4. 7 -9. Mensagem 19 tenho 17

2 –ao. Produz dea mulher: preconceitos - 4. 7 -9. Mensagem 19 tenho 17 que lhe quebra respondeu Não marido. Replicoulhe Jesus: Bem disseste, não tenho marido; I - Jesus quebrou preconceitos culturais. 18 porque cinco maridos já tiveste, e esse que agora tens não é II marido; - Jesus isto quebrou teu dissestepreconceitos com verdade. religiosos. . III - Jesus quebrou todos os preconceitos. A – Ela é mulher. B – Ela é samaritana. C – Ela era discriminada na sociedade. - isolada das demais mulheres. - vários casamentos. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . I - Jesus quebrou preconceitos culturais. II - Jesus quebrou preconceitos religiosos. III - Jesus quebrou todos os preconceitos. A – Ela é mulher. B – Ela é samaritana. C – Ela era discriminada na sociedade. - isolada das demais mulheres. - vários casamentos. - tinha opinião própria. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . 11

2 – Produz quebra Mensagem de preconceitos - 4. 7 -9. 19 . 11 Respondeu-lhe ela: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é I - Jesus quebrou culturais. fundo; onde, pois, tens preconceitos a água viva? 12 II És tu, porventura, maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o - Jesus quebrou preconceitos religiosos. poço, do qualquebrou ele mesmotodos bebeu, os e, bem assim, seus filhos, e seu gado? III - Jesus preconceitos. A – Ela é mulher. B – Ela é samaritana. C – Ela era discriminada na sociedade. - isolada das demais mulheres. - vários casamentos. - tinha opinião própria. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. (8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. ) 9 Então, lhe disse a mulher samaritana: - Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?

Mensagem 20 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo produz

Mensagem 20 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo produz nos seus discípulos. 1 – Produz grande compaixão - 4. 1 -6. 2 – Produz quebra de preconceitos - 4. 7 -9. .

Mensagem 20 . 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo

Mensagem 20 . 4. 1 -54 – O que a Fé Centrada em Cristo produz nos seus discípulos. 1 – Produz grande compaixão - 4. 1 -6. 2 – Produz quebra de preconceitos - 4. 7 -9. [ Fé centrada em Cristo produz grande compaixão no coração preceitos quebram dospreconceitos! seus discípulos! ] ]