Eu pinto o amor Quando pinto a criana

  • Slides: 16
Download presentation

Eu pinto o amor. . . Quando pinto a criança Pura, simples e bela

Eu pinto o amor. . . Quando pinto a criança Pura, simples e bela como uma flor. Luca Vitali

Minha História O que me incentivou a pintar foi a aviação. Ficava na escola,

Minha História O que me incentivou a pintar foi a aviação. Ficava na escola, namorando os desenhos de um rapaz que era muito mais velho do que eu, e que era maníaco por aviões. Na época, ele terminava o científico e eu começava o ginásio. Gostava tanto daqueles desenhos, que comecei a reproduzi-los. Os meus cadernos eram completos com os próprios, grandes garranchos, mas que chegavam a lembrar um avião em vôo. Formas, histórias, sonhos e cores, fazem parte do meu mundo interior. É um canal relacionado a um vôo. Viagem é a sensação que tenho quando trabalho com desenhos, quadros e histórias. Dias, noites, quarenta anos desenvolvendo exercícios que aprimoraram o meu traço, tornaram possível minha imaginação transformar-se em arte, através de telas, gravuras, desenhos e projetos. A sensibilidade neste vôo, permite-me mostrar o que verdadeiramente sou através de formas, cores e estilo. Minha missão nesta Terra é convidar a todos a voar comigo através da arte. Luca Vitali Artista Plástico [email protected] com. br

Créditos Fundo musical: O Cravo Brigou com a Rosa Pesquisa e Produção: Mario Capelluto

Créditos Fundo musical: O Cravo Brigou com a Rosa Pesquisa e Produção: Mario Capelluto e Ida Aranha mario. [email protected] com. br Formatação: Elisabeth Victoria Rachaus [email protected] com http: //www. sabercultural. com