Cntaros recolhem pedaos de cho seco onde a

  • Slides: 10
Download presentation

Cântaros recolhem pedaços de chão seco onde a chuva não conseguiu molhar.

Cântaros recolhem pedaços de chão seco onde a chuva não conseguiu molhar.

Escorrem Cântaros recolhem lamentos pedaços de corações de chão sedentos seco onde almasa secas

Escorrem Cântaros recolhem lamentos pedaços de corações de chão sedentos seco onde almasa secas chuva nãodeconseguiu tanto chorar. molhar.

Escorrem Choro incontido lamentos de da corações fome asedentos doer corroer almasdesecas mentes onde

Escorrem Choro incontido lamentos de da corações fome asedentos doer corroer almasdesecas mentes onde de tanto as sementes? chorar.

Subsolo Choro endurecido incontido tal os corações da fome dos a doer dirigentes transviados

Subsolo Choro endurecido incontido tal os corações da fome dos a doer dirigentes transviados corroer de sem mentes direção a carregar onde numerário as sementes? desviado.

Rumo Subsolo incerto endurecido para o povo tal qual os polvo corações e seus

Rumo Subsolo incerto endurecido para o povo tal qual os polvo corações e seus dostentáculos dirigentes transviados à procura dos semcaminhos direção a encontra carregar destino numerário e desatino. desviado.

ORumo caminho incerto longopara a percorrer o povo qual com polvo a fome e

ORumo caminho incerto longopara a percorrer o povo qual com polvo a fome e seus a irromper tentáculos alimenta-se à procura dos de caminhos esperança encontra o retirante destino ao anoitecer. e desatino.

Dias O caminho e dias percorrendo longo a percorrer caminhos do com desconhecido a

Dias O caminho e dias percorrendo longo a percorrer caminhos do com desconhecido a fome a pensamento irromper querendo alimenta-se pão e de engolindo esperança vento vendo o retirante o chão correr ao anoitecer. sob os pés.

Na bússola da memória Diassudoeste e dias percorrendo caminhos marca imantada do desvão desconhecido

Na bússola da memória Diassudoeste e dias percorrendo caminhos marca imantada do desvão desconhecido do coração pensamento ansioso por querendo labuta, pão recompensa e engolindodavento luta! vendo o chão correr sob os pés. Fim do sonho.

CRÉDITOS Autora : Ligia Tomarchio http: //www. ligia. tomarchio. nom. br Formatado por :

CRÉDITOS Autora : Ligia Tomarchio http: //www. ligia. tomarchio. nom. br Formatado por : Angelica Lepper www. angelicaslides. com. br (no rodapé do site você pode ir acompanhando os 4 pps mais recentes) (agora também com localizador de slides) [email protected] com http: //groups. google. com. br/group/ambienteproducoes 2 Imagens : Internet Música : Flowers Of The Sea - Era Para recebimento gratuito de novas mensagens clique no link abaixo e depois clique em "enviar" (não precisa escrever nada no texto): Angelica. [email protected] com. br Para cancelar o recebimento faça o mesmo no link abaixo: Angelica. [email protected] com. br