cidos graxos cido lctico Ph baixo DEFESAS INESPECFICAS

  • Slides: 43
Download presentation

Ácidos graxos Ácido láctico Ph baixo

Ácidos graxos Ácido láctico Ph baixo

DEFESAS INESPECÍFICAS DEFESAS ESPECÍFICAS

DEFESAS INESPECÍFICAS DEFESAS ESPECÍFICAS

Fagocitose Inflamação

Fagocitose Inflamação

CALOR RUBOR TUMOR DOR PERDA DE FUNÇÃO

CALOR RUBOR TUMOR DOR PERDA DE FUNÇÃO

Síndrome da Resposta Inflamatória Sistêmica

Síndrome da Resposta Inflamatória Sistêmica

SISTEMA COMPLEMENTO

SISTEMA COMPLEMENTO

Características gerais HISTÓRICO: descoberto muitos anos atrás como proteinas lábeis presentes no plasma que

Características gerais HISTÓRICO: descoberto muitos anos atrás como proteinas lábeis presentes no plasma que aumentavam a opsonização da bactéria pelos anticorpos e permitia que estes anticorpos matassem a bactéria. Daí o nome Complemento, complemento à atividade antibacteriana do anticorpo. DEFINIÇÃO: é um conjunto de proteínas plasmáticas que podem ser ativadas através de uma reação em cascata, isto é, cada componente ativado é capaz de ativar o outro componente do sistema complemento.

Características gerais NOMENCLATURA: letra C seguida do número, por exemplo C 1, C 2,

Características gerais NOMENCLATURA: letra C seguida do número, por exemplo C 1, C 2, C 4, C 3, C 5, C 6, C 7, C 8 e C 9. Na via alternativa de ativação do C, os componentes são denominados por letras, B, D e P. A medida, que vai ocorrendo a ativação, fragmentos são gerados, sendo que os fragmentos maiores recebem a denominação b e os menores a, por exemplo, C 4 b e C 4 a.

FUNÇÕES DO SISTEMA COMPLEMENTO

FUNÇÕES DO SISTEMA COMPLEMENTO

ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO VIA CLÁSSICA COMPLEXO Ag: Ac VIA LECTINA VIA ALTERNATIVA LIGAÇÃO DE

ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO VIA CLÁSSICA COMPLEXO Ag: Ac VIA LECTINA VIA ALTERNATIVA LIGAÇÃO DE LECTINAS SUPERFÍCIE DE À SUPERFÍCIE DE PATÓGENOS ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO RECRUTAMENTO DE CELS INFLAMAT. OPSONIZAÇÃO DE PATÓGENOS LISE DE PATÓGENOS

ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO

ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA I C 1: a primeira proteina da via clássica do

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA I C 1: a primeira proteina da via clássica do Sistema complemento

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA II

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA II

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA III

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA III

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA IV

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA IV

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA V

ATIVAÇÃO DA VIA CLÁSSICA V

COMPLEXO DE ATAQUE A MEMBRANA I

COMPLEXO DE ATAQUE A MEMBRANA I

COMPLEXO DE ATAQUE A MEMBRANA II

COMPLEXO DE ATAQUE A MEMBRANA II

ATIVAÇÃO DA VIA ALTERNATIVA

ATIVAÇÃO DA VIA ALTERNATIVA