BEM VINDO ERA DAS COMUNICACES SEM LIMITES a

  • Slides: 21
Download presentation
BEM VINDO À ERA DAS COMUNICACÕES SEM LIMITES!

BEM VINDO À ERA DAS COMUNICACÕES SEM LIMITES!

a …rrring a

a …rrring a

Alô, Roberto? Você viu o contrato que eu te mandei?

Alô, Roberto? Você viu o contrato que eu te mandei?

-. . . Está pronto? Você me manda de volta por e-mail? - Meu

-. . . Está pronto? Você me manda de volta por e-mail? - Meu e-mail do escritório? Sinceramente, não estou conseguindo me lembrar!!!

- Pera aí só um minutinho, vou verificar. . , - EEEEELZAAAAA!!!. . .

- Pera aí só um minutinho, vou verificar. . , - EEEEELZAAAAA!!!. . . QUAL É MESMO MEU E-MAIL?

- Não, Elza. . . Esse é o meu e-mail de casa. . .

- Não, Elza. . . Esse é o meu e-mail de casa. . . -Roberto, vou dar uma verificada e já te ligo de volta.

- Hã? Cê tá indo almoçar agora? . . . - Tudo bem, te

- Hã? Cê tá indo almoçar agora? . . . - Tudo bem, te mando meu e-mail por fax. Assim, quando você voltar, ele já estará aí. OK?

- Certo. Me dá o teu fax, por favor. - O quê? Você não

- Certo. Me dá o teu fax, por favor. - O quê? Você não sabe!? !? !?

- Tudo bem. Vamos fazer o seguinte: Você me manda o seu número de

- Tudo bem. Vamos fazer o seguinte: Você me manda o seu número de fax por e-mail e eu te mando meu e-mail por fax. - Não, isto não vai funcionar. Estou fazendo confusão. . . Deixeme pensar. . .

. . . então, hum… certo, muito bom. . . iiiiiiisso!!!

. . . então, hum… certo, muito bom. . . iiiiiiisso!!!

- Qual é o número do seu telefone celular? - Ah, a bateria está

- Qual é o número do seu telefone celular? - Ah, a bateria está descarregada? A minha também. . .

- Tá certo. Escuta, vamos fazer o seguinte: - Você carrega a bateria do

- Tá certo. Escuta, vamos fazer o seguinte: - Você carrega a bateria do telefone celular, eu te ligo daqui a umas duas horas e deixo meu e-mail no seu correio de voz. . .

. . . daí você pega meu e-mail no seu correio de voz e

. . . daí você pega meu e-mail no seu correio de voz e me passa um e-mail com o número do seu fax. - Então eu vou poder passar um fax pra você com meu endereço de e-mail.

- Este é o plano A. Agora vamos ao plano B! - Eu mando

- Este é o plano A. Agora vamos ao plano B! - Eu mando um e-mail pra mim mesmo e vejo qual é o meu e-mail. Daí eu gravo uma mensagem pra você no seu correio de voz. . .

…e você confirma que recebeu me mandando uma mensagem para o meu pager. .

…e você confirma que recebeu me mandando uma mensagem para o meu pager. . . … e então eu te mando um fax com o endereço do meu e-mail.

- Complicado? Não, não é realmente complicado. - Nós só precisamos de um pouquinho

- Complicado? Não, não é realmente complicado. - Nós só precisamos de um pouquinho de coordenação. . . E sorte. . .

- Há também uma terceira possibilidade, aliás muito simples. Vamos chamá-la de plano C.

- Há também uma terceira possibilidade, aliás muito simples. Vamos chamá-la de plano C. . . Me manda o contrato diretamente por um mensageiro. - Isso!. . . Em termos de estratégia este é o melhor plano. . .

- Mas. . . Na verdade, há uma pequena dúvida. . . O que

- Mas. . . Na verdade, há uma pequena dúvida. . . O que é que eu pretendia mandar para você por e-mail? Meu endereço de e-mail, meu número de fax, o número do meu telefone celular, do pager, do telefone?

- Caramba! Você também não se lembra. - Talvez seja uma boa idéia realizarmos

- Caramba! Você também não se lembra. - Talvez seja uma boa idéia realizarmos reuniões de coordenação bilaterais, voltadas para protocolos de comunicações internas.

- De qualquer forma, já que seu escritório fica na outra ponta do corredor,

- De qualquer forma, já que seu escritório fica na outra ponta do corredor, em dois minutos to chegando aí, OK? Até já

Moral da História: Graças à tecnologia agora nós podemos desperdiçar nosso tempo com uma

Moral da História: Graças à tecnologia agora nós podemos desperdiçar nosso tempo com uma eficiência até então inimaginável. Tudo em nome da economia de tempo. . .