AVALIAO DO PLANO DE EVANGELIZAO E PASTORAL DIOCESE

  • Slides: 30
Download presentation
AVALIAÇÃO DO PLANO DE EVANGELIZAÇÃO E PASTORAL DIOCESE DE TAUBATÉ

AVALIAÇÃO DO PLANO DE EVANGELIZAÇÃO E PASTORAL DIOCESE DE TAUBATÉ

PARÓQUIAS QUE RESPONDERAM Caçapava Paróquia Nossa Senhora d’Ajuda Paróquia Santo Antonio de Pádua Paróquia

PARÓQUIAS QUE RESPONDERAM Caçapava Paróquia Nossa Senhora d’Ajuda Paróquia Santo Antonio de Pádua Paróquia Nossa Senhora da Boa Esperança Campos do Jordão Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus Natividade da Serra Paróquia Nossa Senhora da Natividade 2

PARÓQUIAS QUE RESPONDERAM Pindamonhangaba Paróquia Nossa Senhora da Assunção Paróquia Nossa Senhora das Graças

PARÓQUIAS QUE RESPONDERAM Pindamonhangaba Paróquia Nossa Senhora da Assunção Paróquia Nossa Senhora das Graças Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima Redenção da Serra Paróquia de Santa Cruz São Bento do Sapucaí São Bento 3

PARÓQUIAS QUE RESPONDERAM Taubaté Paróquia Espírito Santo Paróquia Nossa Senhora Aparecida Paróquia Nossa Senhora

PARÓQUIAS QUE RESPONDERAM Taubaté Paróquia Espírito Santo Paróquia Nossa Senhora Aparecida Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Quiririm Paróquia Nossa Senhora do Belém Paróquia Nossa Senhora do Rosário Paróquia Sagrada Família 4

PARÓQUIAS QUE RESPONDERAM Tremembé Paróquia São José 5

PARÓQUIAS QUE RESPONDERAM Tremembé Paróquia São José 5

PASTORAIS, MOVIMENTOS E ORGANISMOS QUE RESPONDERAM Campanha da Fraternidade Mãe Peregrina Pastoral Carcerária Pastoral

PASTORAIS, MOVIMENTOS E ORGANISMOS QUE RESPONDERAM Campanha da Fraternidade Mãe Peregrina Pastoral Carcerária Pastoral da Saúde Pastoral do Batismo Renovação Carismática Católica Shalom COPS 6

ALGUMAS QUESTÕES Por que um número tão baixo de respostas? Considerando que as outras

ALGUMAS QUESTÕES Por que um número tão baixo de respostas? Considerando que as outras paróquias, pastorais, movimentos e serviços nem sequer responderam a um questionário, o que pensar da sua atuação pastoral? Que conclusões podemos tirar destes fatos? Quais providências devem ser tomadas diante desses fatos? 7

Como foi a recepção do Plano Diocesano de Evangelização e Pastoral na Paróquia? 8

Como foi a recepção do Plano Diocesano de Evangelização e Pastoral na Paróquia? 8

9

9

Que influência o Plano Diocesano de Pastoral têm exercido nos planejamentos pastorais da Paróquia?

Que influência o Plano Diocesano de Pastoral têm exercido nos planejamentos pastorais da Paróquia? 10

11

11

ALGUMAS QUESTÕES A não recepção de um Plano compromete completamente a sua implantação. Que

ALGUMAS QUESTÕES A não recepção de um Plano compromete completamente a sua implantação. Que providências tomar em relação à recepção do novo Plano de Evangelização e Pastoral? Sem a iluminação do Plano de Evangelização e Pastoral nos trabalhos paroquiais, nunca conseguiremos uma Pastoral de Conjunto. Como tirar as forças vivas da diocese do isolamento pastoral? 12

IGREJA EM ESTADO PERMANENTE DE MISSÃO 13

IGREJA EM ESTADO PERMANENTE DE MISSÃO 13

ALGUMAS QUESTÕES A dimensão missionária não conseguiu fazer com que a diocese seja “uma

ALGUMAS QUESTÕES A dimensão missionária não conseguiu fazer com que a diocese seja “uma Igreja em saída”. Por que isso acontece? Por que os Conselhos Missionários e a Infância e Adolescência Missionária estão ausentes na grande maioria das paróquias? 14

IGREJA: CASA DA INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ 15

IGREJA: CASA DA INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ 15

ALGUMAS QUESTÕES A iniciação à vida cristã depende muito mais da criação de comportamentos

ALGUMAS QUESTÕES A iniciação à vida cristã depende muito mais da criação de comportamentos do que da transmissão de conteúdos. Como superar uma iniciação “acadêmica”? Por que, na nossa visão de Igreja, a iniciação à vida cristã fica sendo de competência simplesmente da catequese e não da comunidade eclesial como um todo? 16

LUGAR DE ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL 17

LUGAR DE ANIMAÇÃO BÍBLICA DA VIDA E DA PASTORAL 17

ALGUMAS QUESTÕES Se é animação bíblica da vida e das pastorais, por que todas

ALGUMAS QUESTÕES Se é animação bíblica da vida e das pastorais, por que todas as pastorais não se envolvem na animação bíblica? Por que a diocese não criou a Equipe Diocesana de Animação Bíblica da Vida e da Pastoral? 18

IGREJA: COMUNIDADE DE COMUNIDADES 19

IGREJA: COMUNIDADE DE COMUNIDADES 19

ALGUMAS QUESTÕES Uma Igreja que seja comunidade de comunidades precisa de uma verdadeira conversão

ALGUMAS QUESTÕES Uma Igreja que seja comunidade de comunidades precisa de uma verdadeira conversão pastoral que modifique a sua organização e o seu modo de trabalhar. Como pensar isso? Como enfrentar o problema da setorização em paróquias de centros urbanos Catedral, N. S. Rosário, N. S. Bonsucesso, N. S. Ajuda e Basílica do Bom Jesus? 20

IGREJA A SERVIÇO DA VIDA PLENA PARA TODOS 21

IGREJA A SERVIÇO DA VIDA PLENA PARA TODOS 21

ALGUMAS QUESTÕES Quais as principais dificuldades encontradas para que a nossa Igreja tenha pertinência

ALGUMAS QUESTÕES Quais as principais dificuldades encontradas para que a nossa Igreja tenha pertinência na vida social? Por que a nossa caridade não consegue ir ao encontro das periferias existenciais nem enfrentar problemas estruturais da nossa sociedade? 22

PARA A DIOCESE 23

PARA A DIOCESE 23

ALGUMAS QUESTÕES Por que o desempenho da diocese na sua organização pastoral foi tão

ALGUMAS QUESTÕES Por que o desempenho da diocese na sua organização pastoral foi tão pequeno? A atual estrutura diocesana tem condições de enfrentar o problema pastoral? Como reorganizar a diocese para que ela esteja mais capacitada para desenvolver o trabalho evangelizador e pastoral? 24

PARA A PARÓQUIA 25

PARA A PARÓQUIA 25

ALGUMAS QUESTÕES O índice positivo das paróquias (mais de 50%) destoa dos demais. Por

ALGUMAS QUESTÕES O índice positivo das paróquias (mais de 50%) destoa dos demais. Por que isso acontece? Os baixos índices da diocese traz que tipos de consequências para a pastoral paroquial? 26

PARA AS PASTORAIS 27

PARA AS PASTORAIS 27

ALGUMAS QUESTÕES Temos deficiências diversas nas pastorais e pouco comprometimento com elas (não compete

ALGUMAS QUESTÕES Temos deficiências diversas nas pastorais e pouco comprometimento com elas (não compete tem 51%). Por que isso acontece? Como buscar um trabalho de superação deste problema e motivar as pessoas para um maior engajamento? 28

NÚMEROS FINAIS REFERÊNCIA SIM % NÃO % N/C % Estado permanente de missão Casa

NÚMEROS FINAIS REFERÊNCIA SIM % NÃO % N/C % Estado permanente de missão Casa de iniciação cristà 142 52, 6 71 26, 2 57 21, 2 226 52, 9 45 9, 1 188 38, 0 Animação bíblica 157 48, 8 71 21, 9 96 29, 6 Comunidade de comunidades A serviço da vida 160 49, 4 85 26, 2 79 24, 4 286 36, 5 310 39, 6 187 23, 9 Para a diocese Para a paróquia Para as pastorais TOTAL 69 23, 2 18 6, 0 210 70, 8 99 52, 4 35 18, 5 55 29, 1 29 35, 8 8 9, 9 44 54, 3 1. 168 42, 8 643 23, 6 916 33, 6 29

ALGUMAS QUESTÕES Por que não realizamos nem a metade do que nos foi proposto

ALGUMAS QUESTÕES Por que não realizamos nem a metade do que nos foi proposto pelo Plano Diocesano de Evangelização e Pastoral? Como pensar a nossa diocese e o nosso novo Plano de Evangelização e Pastoral para que isso não se repita? 30