Ao Geolgica do Gelo Curso de Geografia Dinmica

  • Slides: 15
Download presentation
Ação Geológica do Gelo Curso de Geografia – Dinâmica Física da Terra Prof. Dr.

Ação Geológica do Gelo Curso de Geografia – Dinâmica Física da Terra Prof. Dr. Dakir Larara

Principais tipos de geleiras a) de margem marinha aterrada assentado sobre o substrato; b)

Principais tipos de geleiras a) de margem marinha aterrada assentado sobre o substrato; b) manto de gelo de margem lobada aterrada terminando em lago; c) manto de gelo de margem marinha flutuante (plataforma de gelo); d) manto de gelo de margem terrestre; notar morenas terminais e feições lineares à frente da geleira.

Geleiras recentes A C B Tipos de geleiras recentes: a) geleira do vale Atabasca,

Geleiras recentes A C B Tipos de geleiras recentes: a) geleira do vale Atabasca, Montanhas Rochosas, Canadá; b) margem marinha flutuante de língua de gelo, ilha de Ross, Antártica oriental; c) margem marinha de geleira de maré, cabo Melville, ilha do Rei George, Antártica ocidental.

Fluxo das geleiras Elementos do balanço de massa de manto de gelo (a) e

Fluxo das geleiras Elementos do balanço de massa de manto de gelo (a) e geleira de vale (b); setas verticais mostram a intensidade de acumulação (brancas) e ablação (vermelhas); velocidade basal relativa das geleiras é mostrada pelas setas horizontais pretas. Zona de acumulação chega até a costa do lado marinho (a) onde a ablação ocorre pela formação de icebergs.

Regime Térmico Regime térmico de geleira de base quente (a) e base fria (b).

Regime Térmico Regime térmico de geleira de base quente (a) e base fria (b). O perfil de temperatura da primeira está sempre abaixo da fusão sob pressão e da segunda, coincide com o ponto de fusão sob pressão.

Abrasão glacial Relação entre o regime térmico de geleiras, erosão e sedimentação.

Abrasão glacial Relação entre o regime térmico de geleiras, erosão e sedimentação.

Movimentação Basal Diferentes condições térmicas basais de geleiras. a) fria: o substrato é congelado

Movimentação Basal Diferentes condições térmicas basais de geleiras. a) fria: o substrato é congelado e não há água de degelo e deslizamento; b) fria na margem equilíbrio térmico; c) quente na parte interna e em equilíbrio na margem; d) quente: ocorre água de degelo e deslizamento.

Depósitos e feições glaciais terrestres. 1) formas alongadas moldadas no embasamento; 2) detritos basais

Depósitos e feições glaciais terrestres. 1) formas alongadas moldadas no embasamento; 2) detritos basais da geleira depositam-se como till de alojamento em depressões do assoalho (3) ou em cavidades (4); 5) till de ablação; 6) liberação de detritos por fusão da margem do gelo; 7) esker; 8) leques de lavagem glacial; fusão de blocos de gelo morto forma superfície

Tipos de Morenas Tipos de morenas em geleira de vale. a) mediana; b) lateral;

Tipos de Morenas Tipos de morenas em geleira de vale. a) mediana; b) lateral; c) terminal.

Tipos de Morenas A B a) morenas laterais compostas da geleira de Atabasca, Montanhas

Tipos de Morenas A B a) morenas laterais compostas da geleira de Atabasca, Montanhas Rochosas, Canadá; b) morena basal (till de alojamento) exposta na planície de till, na frente da geleira Atabasca (ao fundo); superfície estriada aflora na parte inferior da foto.

Feições erosionais e geomórficas de contato com o gelo. a) dorso de baleia, Prince

Feições erosionais e geomórficas de contato com o gelo. a) dorso de baleia, Prince William Sound, Alasca, E. U. A. ; b) vale glacial em “U” do rio Saskatchewan, Montanhas Rochosas, Canadá; c) esker pleistocênico, Minnesota, E. U. A. ; d) lago de kettle, geleira Saskatchewan, Montanhas

Perfil de solo congelado Perfil norte-sul mostrando a estrutura de solo perenemente congelado, ao

Perfil de solo congelado Perfil norte-sul mostrando a estrutura de solo perenemente congelado, ao norte do Canadá; a extremidade norte da linha de árvores coincide com o limite entre o solo congelado contínuo e descontínuo.

Plataforma de gelo marinho Processos e depósitos associados à plataforma de gelo marinho. a)

Plataforma de gelo marinho Processos e depósitos associados à plataforma de gelo marinho. a) zona de acumulação de gelo e neve; b) zona de adição de gelo por regelamento basal; c) till e depósitos de leque formados durante avanço prévio de geleira aterrada; d) deposição por chuva de detritos a partir de icebergs; e) ressedimentação de diamicto; f) retrabalhamento por correntes marinhas;

Ambiente glacio-marinho Depósitos, processos e feições sedimentares do ambiente glácio-marinho proximal. a) sedimentos marinhos

Ambiente glacio-marinho Depósitos, processos e feições sedimentares do ambiente glácio-marinho proximal. a) sedimentos marinhos deformados pelo avanço anterior da geleira; b) bancos de morena de empurrão; c) sedimento grosso de leque de lavagem subaquosa; d) diamictitos grossos estratificados; e) lama/diamictitos de zona de iceberg; f) till de alojamento; g) arenitos de leque e conglomerados de canal; h) canal de água de degelo subglacial; i) iceberg

Diagrama dos ritmos orbitais de Milankovitch.

Diagrama dos ritmos orbitais de Milankovitch.