A importncia da excelncia na gesto da infraestrutura

  • Slides: 53
Download presentation
A importância da excelência na gestão da infraestrutura do País

A importância da excelência na gestão da infraestrutura do País

RAZÃO DE SER DOS EMPREENDIMENTOS(*) Ambientes & Cenários Entrada Transformação Saída Sociedade Recursos •

RAZÃO DE SER DOS EMPREENDIMENTOS(*) Ambientes & Cenários Entrada Transformação Saída Sociedade Recursos • Financeiros • Naturais • Humanos • Valores Empreendimento Entregas • Econômicas • Sociais • Ambientais • Éticas Proposta de valor para a sociedade (*) Organizações, empresas públicas e privadas, governos, ministérios, secretarias e instituições

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

Desempenho organizacional Valor Gerado Recursos Gastos Desempenho Valor Gerado Desempenho: melhor uso dos Recursos

Desempenho organizacional Valor Gerado Recursos Gastos Desempenho Valor Gerado Desempenho: melhor uso dos Recursos na Geração de Valor

Desempenho: elementos essenciais Competitividade (ser a escolha) Governança Liderança Ética Sustentabilidade Inovação (fazer diferente)

Desempenho: elementos essenciais Competitividade (ser a escolha) Governança Liderança Ética Sustentabilidade Inovação (fazer diferente) Eficiência (fazer certo) Eficácia (fazer o certo) Produtividade Mais Menos = Fazer Gastar = Mais + Melhor Barato + Rápido

Alto desempenho para melhor uso dos recursos Ambientes & Cenários Entrada Transformação Saída Sociedade

Alto desempenho para melhor uso dos recursos Ambientes & Cenários Entrada Transformação Saída Sociedade Recursos • Financeiros • Naturais • Humanos • Valores Empreendimento Entregas • Econômicas • Sociais • Ambientais • Éticas Proposta de valor para a sociedade (*) Organizações, empresas públicas e privadas, governos, ministérios, secretarias e instituições

Eficiência e eficácia para um Brasil competitivo Ambientes & Cenários Entrada Transformação Saída Sociedade

Eficiência e eficácia para um Brasil competitivo Ambientes & Cenários Entrada Transformação Saída Sociedade Recursos • Financeiros • Naturais • Humanos • Valores Empreendimento Entregas • Econômicas • Sociais • Ambientais • Éticas Proposta de valor para a sociedade (*) Organizações, empresas públicas e privadas, governos, ministérios, secretarias e instituições

SUSTENTAÇÃO INSTITUCIONAL: os 5 pilares 1 Demonstrar relevância no atendimento às demandas dos clientes

SUSTENTAÇÃO INSTITUCIONAL: os 5 pilares 1 Demonstrar relevância no atendimento às demandas dos clientes e da sociedade. 5 Acreditar que a excelência, em todos os aspectos da organização, é um alvo móvel e é o que a sustenta no longo prazo. 4 Ter as competências essenciais para realizar o propósito comum, com a disciplina, a ética e o comprometimento necessários. 4 2 Ter uma cultura institucional 1 5 Sustentação Institucional 3 forte para a superação de todos os obstáculos em torno de um objetivo comum, para o sucesso coletivo. 2 3 Adaptar-se, reinventar-se e renovar-se diante dos riscos, das mudanças dos cenários e das necessidades, olhando o longo prazo.

EXCELÊNCIA: entendimento conceitual A busca permanente da excelência é. . . compreender que a

EXCELÊNCIA: entendimento conceitual A busca permanente da excelência é. . . compreender que a organização é um sistema vivo, integrante de um ecossistema complexo com o qual interage e do qual depende. . gerar resultado para todos os integrantes da cadeia de valor, em uma relação de interdependência e cooperação. . ter qualidade na interação com o seu ecossistema, ética, velocidade de aprendizado e capacidade de adaptação diante de novos cenários imprevistos e incontroláveis.

Os FUNDAMENTOS DA EXCELÊNCIA estão disponíveis Cenários Transformação Entrada Saída Recursos: • Financeiros •

Os FUNDAMENTOS DA EXCELÊNCIA estão disponíveis Cenários Transformação Entrada Saída Recursos: • Financeiros • Naturais • Humanos • Valores Entregas: • Econômicas • Sociais • Ambientais • Éticas Organização

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

BRASIL: “o reino da incoerência” Brasil • • • Recursos naturais Abundância de água

BRASIL: “o reino da incoerência” Brasil • • • Recursos naturais Abundância de água Matriz energética Pirâmide demográfica Agro: commodities + transformação Tamanho do mercado interno Oportunidades de investimento O Ministério Público e a Polícia Federal Reformas: a grande oportunidade Operações Lava-Jato, Zelotes e outros Clamor ético e civilizatório do povo Brasil • • • Imoralidade política A vitória da pilantragem O descaso com os ODS da ONU Conivência dos empresários Educação, saúde e segurança O “vai e vem” das malas Infraestrutura como barreira Ineficiências por toda parte Custo Brasil (+ corrupção) Má reputação internacional Instituições sem credibilidade

O BRASIL é referência mundial em CORRUPÇÃO Investimentos no Brasil para 2017: Fonte: www.

O BRASIL é referência mundial em CORRUPÇÃO Investimentos no Brasil para 2017: Fonte: www. planejamento. gov. br R$ 110, 7 bi | Educação R$ 107, 3 bi | Saúde R$ 19, 2 bi | Transportes No Brasil, a corrupção consome cerca de R$ 200 bilhões por ano Estimativa feita pelo procurador Deltan Dallagnol Revista Época – 06/08/2015 No mundo, estima-se que a corrupção movimenta US$ 2, 6 trilhões por ano Fonte: Fórum Econômico Mundial - 2014 R$ 8, 3 bi | Ciência e Tecnologia R$ 8 bi | Segurança Pública No mundo corporativo, estima-se que são perdidos 5% do faturamento em fraudes generalizadas Fonte: Association of Certified Fraud Examiners – 2016 Global Fraud Study

O Brasil como AMBIENTE DE NEGÓCIOS

O Brasil como AMBIENTE DE NEGÓCIOS

MEGATENDÊNCIAS: estamos preparados? Novo centro do poder econômico Mudanças demográficas Escassez de recursos Processo

MEGATENDÊNCIAS: estamos preparados? Novo centro do poder econômico Mudanças demográficas Escassez de recursos Processo de urbanização Avanços tecnológicos Mudanças climáticas

INOVAÇÕES afetam todas as áreas! Internet das coisas e sensores Impressão 3 D Inteligência

INOVAÇÕES afetam todas as áreas! Internet das coisas e sensores Impressão 3 D Inteligência artificial e análise de dados Nanotecnologia Biotecnologia Realidade virtual e aumentada Bitcoin e blockchain Robótica avançada TRANSFORMAÇÃO DIGITAL é a nova dinâmica global!

Os ODS da ONU: uma plataforma obrigatória! Representam as metas da Agenda 2030 da

Os ODS da ONU: uma plataforma obrigatória! Representam as metas da Agenda 2030 da ONU, que visa uma profunda transformação do mundo em que vivemos. Levam em conta os Objetivos do Milênio e o que não foi alcançado. São a dimensão da ousadia que é necessária para por o mundo em um caminho sustentável e robusto.

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

Por que os empreendimentos fracassam? O BRASIL QUEBRADO! Por que o Brasil está quebrado?

Por que os empreendimentos fracassam? O BRASIL QUEBRADO! Por que o Brasil está quebrado?

Quais as CAUSAS? Se o cenário é igual para todos, por que uns vão

Quais as CAUSAS? Se o cenário é igual para todos, por que uns vão bem e outros mal

SUCESSO OU FRACASSO: uma relação de causa e efeito causa • • efeito causa

SUCESSO OU FRACASSO: uma relação de causa e efeito causa • • efeito causa efeito . . . causa efeito Acontecimentos são sempre relações de causas e efeitos Sucesso é a combinação harmônica de relações de causas e efeitos Crise ou Fracasso é a precipitação desestruturada de relações de causas e efeitos A má qualidade da gestão é a principal barreira para o sucesso dos empreendimentos “Sublata causa tollitur effectus!”

ÉTICA: O PONTO CENTRAL DAS NOSSAS CRISES • • Baixo nível Anacronismo Interesses Imoralidade

ÉTICA: O PONTO CENTRAL DAS NOSSAS CRISES • • Baixo nível Anacronismo Interesses Imoralidade política • • • causa • efeito gerencial • • Corrupção Delinquência Conivência Conveniência econômica ÉTICA Baixa educação Saúde precária Desemprego Criminalidade social VOTE As escolhas erradas • • Incompetência Aparelhamento Oportunismo Loteamento • • Custo Brasil Subsídios Farra dos gastos Tributação “Sublata causa tollitur effectus!” As vítimas das escolhas erradas

O que FAZER? “The problem is not the problem itself. The problem is our

O que FAZER? “The problem is not the problem itself. The problem is our attitude towards the problem. ” “O problema não é o problema por si só. O problema é nossa atitude perante o problema. ”

NOSSO PROPÓSITO Melhorar a gestão no Brasil. NOSSA RAZÃO DE SER Nossa crença Nossa

NOSSO PROPÓSITO Melhorar a gestão no Brasil. NOSSA RAZÃO DE SER Nossa crença Nossa causa A busca permanente da excelência é o que promove a evolução das pessoas, a perenidade das organizações e a construção de uma sociedade mais engajada, para termos um País mais ético, sustentável e justo. 1990 Inspirar, mobilizar, capacitar e orientar as organizações para que busquem, continuamente, a excelência por meio da melhoria na sua gestão. 1991 Gestão da qualidade 2005 Qualidade da gestão Nossa aspiração para 2025 Consolidar-nos como centro de referência das melhores práticas de gestão para o aumento da produtividade das organizações e da competitividade do Brasil. 2016 Gestão para excelência

FNQ - ONDE ATUAMOS Ambientes & Cenários Entrada Transformação Saída Sociedade Recursos • Financeiros

FNQ - ONDE ATUAMOS Ambientes & Cenários Entrada Transformação Saída Sociedade Recursos • Financeiros • Naturais • Humanos • Valores Razão de ser de qualquer empreendimento Entregas • Econômicas • Sociais • Ambientais • Éticas Proposta de valor para a sociedade

MODELO DE EXCELÊNCIA DA GESTÃO (MEG)® 21ª Ed. A ferramenta de gestão para o

MODELO DE EXCELÊNCIA DA GESTÃO (MEG)® 21ª Ed. A ferramenta de gestão para o Brasil EXISTE! APRENDIZADO ORGANIZACIONAL E INOVAÇÃO PENSAMENTO SISTÊMICO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL LIDERANÇA TRANSFORMADORA COMPROMISSO COM AS PARTES INTERESSADAS APRENDIZADO ORGANIZACIONAL E INOVAÇÃO ORIENTAÇÃO POR PROCESSOS APRENDIZADO ORGANIZACIONAL E INOVAÇÃO GERAÇÃO DE VALOR ADAPTABILIDADE

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

Agenda Conceitos e princípios Cenário brasileiro Gestão para a excelência Infraestrutura e competitividade

O BRASIL e o ranking global de COMPETITIVIDADE

O BRASIL e o ranking global de COMPETITIVIDADE

INFRAESTRUTURA INADEQUADA: entre as cinco principais causas da baixa competitividade do Brasil! competitividade confiança

INFRAESTRUTURA INADEQUADA: entre as cinco principais causas da baixa competitividade do Brasil! competitividade confiança preço § § § reputação Instituições Integridade produtividade do trabalho (intramuros) tempo quantidade § § § escala tecnologia eficácia § § processo educação custo § § insumos trabalho capital saúde transação § § § § infraestrutura tributação leis trabalhistas financiamento burocracia segurança jurídica tamanho do estado abertura comercial qualidade § § durabilidade eficiência inovação investimentos o ambiente de negócios (extramuros)

Seremos sempre do tamanho da CONFIANÇA que transmitimos. . . e CONFIANÇA é fundamental

Seremos sempre do tamanho da CONFIANÇA que transmitimos. . . e CONFIANÇA é fundamental para a COMPETITIVIDADE DO BRASIL

Eliminando as CAUSAS: um bom começo! Cidadã(o)s Façam as escolhas corretas, priorizando a honestidade

Eliminando as CAUSAS: um bom começo! Cidadã(o)s Façam as escolhas corretas, priorizando a honestidade e a competência! Empresários Tenham coragem de se posicionar, abrindo mão das conveniências! Políticos Parem de roubar e tenham mais comprometimento com o Brasil! Sejam honestos, mais gestores e menos Governantes políticos, usem bem os recursos do País Sociedade Resgate os valores éticos perdidos, deixe um legado às futuras gerações do País!

 PESSOAS e VALORES: para fazer acontecer! Sem PESSOAS não há VALORES Sem VALORES

PESSOAS e VALORES: para fazer acontecer! Sem PESSOAS não há VALORES Sem VALORES não há ÉTICA Sem ÉTICA não há GESTÃO Sem GESTÃO não há EXCELÊNCIA Sem EXCELÊNCIA não há RESULTADO Sem RESULTADO não há DESENVOLVIMENTO e Sem DESENVOLVIMENTO não há PAÍS!

A HORA DA VIRADA! “A sociedade está sendo remodelada por três forças transformadoras: Natureza,

A HORA DA VIRADA! “A sociedade está sendo remodelada por três forças transformadoras: Natureza, Demografia e Tecnologia. É urgente que surjam líderes políticos transformadores, com visão sistêmica, que abandonem as práticas paroquiais da velha política e se preparem para a virada global em curso!”

Modelo de Excelência para Transferências da União

Modelo de Excelência para Transferências da União

Muito ocupado para melhorar seus processos?

Muito ocupado para melhorar seus processos?

Objetivo Principal Aumentar a maturidade de gestão e governança no âmbito das transferências da

Objetivo Principal Aumentar a maturidade de gestão e governança no âmbito das transferências da União, visando aprimorar a efetividade na entrega de valor público à sociedade brasileira.

Foco: governança e gestão das transferências da União Fonte: Referencial Básico de Governança do

Foco: governança e gestão das transferências da União Fonte: Referencial Básico de Governança do TCU.

Estruturação do Programa de Excelência Caminho da estruturação: Portaria 66/2017 -MP Portaria 67/2017 -MP

Estruturação do Programa de Excelência Caminho da estruturação: Portaria 66/2017 -MP Portaria 67/2017 -MP Instrução Normativa Guias Guia de Excelência Guia de Avaliação Guia de Implementação Capacitação

Estrutura do Modelo de Excelência Fundamento Tema Processo estruturação do modelo de gestão alinhamento

Estrutura do Modelo de Excelência Fundamento Tema Processo estruturação do modelo de gestão alinhamento estruturação do sistema de medição atuação em rede pensamento sistêmico tomada de decisão identificação das informações utilização das informações disponíveis

Fundamentos Tangram de 6 peças

Fundamentos Tangram de 6 peças

Temas al tomada de decisão resultados sustentáveis ss a n r ão fu tu

Temas al tomada de decisão resultados sustentáveis ss a n r ão fu tu ro o ra pa ha r ol as ad re ss te in es rt pa s da ito qu is re am e i b s l a t n e s s is re io a lo íp on r va inc aci do pr niz ece ga rn or fo ão so ad l a ci d ci iro ce an fin o- ic ôm to en e v go ce su m on ec ha in a ç n fo tr rça ab al de ho relacionamento com as partes interessadas gestão de projetos

Resumo do Modelo de Excelência Fundamentos 1. 2. 3. 4. 5. 6. pensamento sistêmico

Resumo do Modelo de Excelência Fundamentos 1. 2. 3. 4. 5. 6. pensamento sistêmico compromisso com as partes interessadas liderança transformadora desenvolvimento sustentável orientação por projetos geração de valor público Temas 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. alinhamento tomada de decisão requisitos das partes interessadas relacionamento com as partes interessadas cidadão fornecedor força de trabalho valores e princípios organizacionais governança olhar para o futuro sucessão econômico-financeiro ambiental social gestão de projetos resultados sustentáveis Processos 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. estruturação do modelo de gestão estruturação do sistema de medição atuação em rede identificação das informações utilização das informações disponíveis definição das partes interessadas definição dos requisitos identificação das necessidades e expectativas estabelecimento de canais de relacionamento comunicação tratamento das manifestações relacionamento com o cidadão desenvolvimento de fornecedores relacionamento com fornecedores desenvolvimento da força de trabalho relacionamento com a força de trabalho definição engajamento estruturação controle gestão de riscos formulação das políticas públicas implementação das políticas públicas gestão do portfólio de transferências da 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34. 35. 36. 37. União identificação de novos lideres e sucessores preparação de novos líderes e sucessores planejamento monitoramento prevenção de impactos ambientais tratamento de impactos ambientais prevenção de impactos sociais tratamento de impactos sociais iniciação planejamento execução monitoramento e controle encerramento e prestação de contas Resultados 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. geração de resultados econômicofinanceiros geração de resultados ambientais geração de resultados sociais geração de resultados relativos ao cidadão geração de resultados relativos à força de trabalho geração de resultados relativos aos fornecedores geração de resultados relativos aos projetos

Níveis de Maturidade Organizacional Excelente Consolidado 551 - 750 pontos Em desenvolvimento 251 -

Níveis de Maturidade Organizacional Excelente Consolidado 551 - 750 pontos Em desenvolvimento 251 - 550 pontos Inicial 0 - 250 pontos 751 - 1000 pontos

Instrumentos de Avaliação de Maturidade dos Temas

Instrumentos de Avaliação de Maturidade dos Temas

Instrumentos de Avaliação de Maturidade dos Resultados

Instrumentos de Avaliação de Maturidade dos Resultados

Resultados da Avaliação

Resultados da Avaliação

Resultados da Avaliação

Resultados da Avaliação

Parceiros do projeto § Fundação Nacional da Qualidade - FNQ; § Assessoria Especial de

Parceiros do projeto § Fundação Nacional da Qualidade - FNQ; § Assessoria Especial de Controle Interno/MP; § ENAP; § Demais parceiros da Rede Siconv.

Status atual do projeto § O modelo está em desenvolvimento. § Um projeto-piloto será

Status atual do projeto § O modelo está em desenvolvimento. § Um projeto-piloto será conduzido neste segundo semestre de 2017. § A meta é institucionalizar o modelo em 2018.

Dúvidas? Inquietações?

Dúvidas? Inquietações?

Grato pela atenção! Jairo Martins Presidente da FNQ jairo. martins@fnq. org. br Fábio Gomes

Grato pela atenção! Jairo Martins Presidente da FNQ jairo. [email protected] org. br Fábio Gomes Barros DETRV/SEGES/MP fabio. [email protected] gov. br